O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Custo de condomínio

Empreendimentos de São Paulo têm diminuição relevante de 8,57%

Publicado em: quinta-feira, 4 de abril de 2013

 Custo de condomínio sofre leve queda em São Paulo

AABIC aponta queda discreta de 8,57% em janeiro
 
Mesmo mantendo a característica movimentação de queda com relação às despesas de dezembro, o Índice Periódico de Variação e Custos Condominiais (Ipevecon), fornecido pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC), medido em janeiro, refletiu uma redução menos significativa do que em anos anteriores, atingindo o percentual de -8,57%. Após o período de pico das despesas condominiais no ano, com o pagamento da segunda parcela do 13º salário e o recolhimento dos encargos sociais relacionados, além das tradicionais gratificações natalinas, o índice incorporou um aumento direto ocorrido nos custos de condomínio, o vale refeição, que passou a ser obrigatório aos funcionários a partir deste ano. Neste cenário, o custo médio de Condomínio chegou ao valor de R$ 852,00, mantendo relativa estabilidade em relação ao valor registrado no mesmo período de 2012.
 
A redução foi relevante nos itens de despesas com Pessoal e Encargos, com quedas respectivas de -15,73% e -7,10%. Os consumos de água e energia mantiveram a tendência de redução do final do ano, em virtude do período de férias, como registrado na oscilação das despesas com Água (-9,59%) e Energia (-10,73%). Nos demais itens, as variações não foram significativas, valendo ressaltar somente a queda apontada nas despesas Eventuais, de -12,85%.
 
De acordo com Omar Anauate, diretor de Condomínio da AABIC, a partir de 2013, os custos condominiais deverá manter-se em patamar mais elevado em relação às médias de anos anteriores.
 
“A negociação coletiva do dissídio da categoria em 2012, afetou diretamente as despesas dos condomínios com a folha de pagamento e benefícios. Em fevereiro, os custos de condomínio devem tender à estabilidade, podendo variar em decorrência do pagamento dos feriados trabalhados no final de ano pelos funcionários de condomínios que onerarão a folha de pagamento”.
 
O diretor de condomínios da AABIC explica que o Ipevecon oferece um importante parâmetro para administradoras quanto à prática do mercado e para síndicos e condôminos, que podem ter base dos gastos mensais nos condomínios. “Síndico e moradores devem estar atentos a aumentos abruptos ou gastos muito acima da média de condomínios com o mesmo porte e padrão”, orienta.

Fonte:

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...