O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Jurídico

De volta

Síndica de Ribeirão Preto volta ao cargo após TJ -SP derrubar liminar

Publicado em: terça-feira, 22 de abril de 2014

Justiça derruba liminar e síndica volta ao cargo no Jardim das Pedras

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) anulou nesta quinta-feira (17) a liminar dada pela 8ª Vara Cível de Ribeirão Preto, que afastava Vera de Lurdes Ferreira do cargo de síndica do Condomínio Parque Residencial Jardim das Pedras, no Jardim Paulista, zona norte de Ribeirão Preto.
 
O A Cidade mostrou que Vera foi afastada pela Justiça após os moradores reclamarem de uma “falsa” assembleia realizada pela síndica, na qual ela se reelegeu.
 
Vera também é acusada pelos moradores de desvio de dinheiro e de maltratar e ameaçar as pessoas.
 
Os inquilinos disseram à reportagem que a síndica anda sempre com três seguranças e que é muito difícil conseguir abordá-la.
 
Segundo o morador Manoel Jackson Cordeiro de Figueiredo, que tinha sido nomeado síndico provisório, o mandato de Vera acabou no dia 31 de março.
 
“A eleição de síndico não valeu. Ela não avisou os condôminos com a antecedência necessária para que se formassem novas chapas. Por isso, nos reunimos e recorremos à Justiça”, explica.
 
De acordo com a decisão do TJ-SP, Vera poderá permanecer no cargo até uma nova decisão da Justiça, que deve ocorrer no dia 29 de abril. Nesta data será decidido se a última eleição de síndico foi válida.
 
O outro lado
 
A reportagem do A Cidade esteve no condomínio na tarde desta quinta e não conseguiu localizar a síndica.
 
Funcionários disseram que ela apenas passou pelo local no período da manhã e foi embora. Segundo eles, Vera retornará às atividades de síndica na próxima terça-feira (22).
 
Condomínio movimenta cerca de R$ 400 mil
 
O Parque Residencial Jardim das Pedras é considerado o maior condomínio da cidade. Inaugurado em 1978, ele possui 13 prédios, sendo que cada um deles tem 96 apartamentos.
 
No total, são 1.248 apartamentos e aproximadamente 6 mil moradores. O local tem, também, uma área comercial com loja de roupas, pizzaria e bar.
 
Os inquilinos que moram em apartamentos de dois quartos pagam em média R$ 320 de condomínio, e os que moram em apartamentos com três quartos pagam em média R$ 420. O valor pode variar de acordo com o consumo de água. Sendo assim, o condomínio arrecada aproximadamente R$ 400 mil por mês.
 
A auxiliar administrativo Andreza de Souza Bellem, de 37 anos, diz que pensa em se mudar do condomínio.
 
“Estamos todos chateados. Não está compensando morar aqui. Pagamos muito para pouco retorno”, lamentou.

Fonte: http://www.jornalacidade.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...