O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Desabamento em S.Bernardo

Acidente teve dois mortos e seis feridos - busca por vítimas cessa

Publicado em: quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

 Retirada de escombros de prédio no ABC deve terminar nesta quarta

Duas pessoas morreram após acidente em São Bernardo do Campo. Reforma na laje do último andar pode ter causado desabamento parcial.
 

 

Os bombeiros devem terminar nesta quarta-feira (8) a retirada das lajes do prédio que desabaram nesta segunda (6) em São Bernardo do Campo, matando duas pessoas e ferindo seis. O trabalho de remoção dos escombros continuou pela madrugada desta quarta.
 
Por volta das 5h50, a área em volta do Edifício Senador permanecia isolada. O trabalho do Corpo de Bombeiro era feito manualmente no subsolo. A corporação não contava no horário com o auxílio de uma máquina usada na remoção dos escombros que quebrou.
 
As buscas por corpos foram encerradas na noite desta terça-feira (7). O anúncio aconteceu pouco após os bombeiros encontrarem e retirarem o corpo da enfermeira Patrícia Alves, de 25 anos, nos escombros. A vítima, única desaparecida que ainda era confirmada, foi encontrada por volta das 19h30, retirada às 20h20 e reconhecida por um parente.
Os pais da jovem acompanhavam o trabalho dos bombeiros e tinham esperanças de que a filha fosse encontrada viva. Ao receber a notícia a morte, o casal teve de ser amparado.
 
Na noite de segunda, o corpo de uma menina de 3 anos foi localizado pela corporação em meio aos destroços. Júlia Moraes estava com o pai na recepção de um consultório médico esperando pela mãe, que passava por uma consulta, quando o desabamento aconteceu. O pai da garota ficou ferido. A mãe dela também sobreviveu. A vítima foi enterrada na tarde desta terça.
 
Outras seis pessoas ficaram levemente feridas, incluindo o pai de Júlia. Ele permanecia internado o Hospital São Bernardo nesta terça-feira.

Causas

Uma reforma na laje do último andar do prédio por conta de infiltração de água pode ter causado o desabamento parcial do edifício Senador. O reparo ocorreu no 13º andar, a cerca de dois metros de distância onde ocorreu a queda do bloco da laje, afirmou o delegado Victor Vasconcellos Lutti, do 1º Distrito Policial (DP) de São Bernardo do Campo.
 
"Foi feito um reparo [na laje] e esse reparo pareceu não ser conveniente, no sentido de não ter sido feito da forma como deveria ter sido. O profissional não usou a técnica correta", disse o delegado na tarde desta terça.
 
Segundo Lutti, a obra ocorreu em um espaço onde ficavam guardados materiais do prédio. Policiais subiram até o último andar do edifício e checaram que tanto a obra quanto o vazamento existem no local.
 
A hipótese de problema com a obra surgiu após o depoimento de uma das três testemunhas ouvidas pelo delegado na noite de segunda. A pessoa, que não foi identificada pelo delegado, afirmou ter ouvido comentários no edifício sobre o reparo e possíveis problemas há cerca de um ano.
 
"Não podemos afirmar hoje que foi isto ou aquilo, porque depende de um laudo técnico", disse Lutti. Ele afirmou que vai pedir a planta inicial do prédio para comparar eventuais mudanças no edifício.
 
Uma nova varredura por indícios das causas do acidente vai ser feita depois que o prédio for desocupado. O delegado ressaltou ter solicitado perícia e registrado boletim de ocorrência do caso ainda na segunda-feira.
 
Também é possível que tenha havido fadiga de material, de acordo com o delegado. As hipóteses de queda da caixa d'água e de explosão estão descartadas, já que não há indícios de nenhuma das duas coisas. "Vamos trabalhar ainda no sentido de colher mais detalhes depois que tudo for tudo desocupado."
 
Ainda há risco de queda de pedaços de laje e entulho dentro do edifício, segundo o tenente Marcos Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros. Ele afirmou que blocos de concreto estão pendurados por pedaços de aço que dão sustentação aos andares do edifício. Cerca de 350 toneladas de entulho foram retiradas dos escombros por 50 caminhões.
 

Documentação

 
O prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, disse na manhã desta terça que o prédio estava com toda sua documentação em ordem, e, a princípio, não apresentava alterações estruturais.
 
“A documentação está toda em ordem. Tem licenciamento dos bombeiros, laudo de segurança e estabilidade do prédio, validade até julho desse ano. Do ponto de vista documental, está em ordem. O que precisa ser analisado é o que ocorreu de fato”, afirmou Marinho em visita ao local.
 
“Só a partir daí é possível dizer o que aconteceu, só um laudo técnico das áreas competentes, a própria Polícia Civil está trabalhando nesse sentido, nós também vamos trabalhar. Enquanto isso, o prédio está interditado totalmente, até para uma análise, para saber se está comprometido ou não está comprometido, para na eventualidade haver uma liberação para a recuperação.”
 
Segundo Marinho, o prédio era comercial, e começou a ser construído em 1972. A data da entrega do imóvel consta na Prefeitura como 1978. “Tudo com a documentação desde a sua origem e a manutenção das certificações, tudo em dia. Não há histórico de problemas.”
 
O fornecimento de luz foi suspenso na região do prédio para o trabalho dos bombeiros. O corte também atingiu o prédio da Prefeitura, que fica próximo, e estava trabalhando com geradores

Fonte: http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...