O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Dissídio em SP

Acordo prevê reajuste de 8% a 10% para funcionários e vale-refeição de R$ 5

Publicado em: domingo, 24 de março de 2013

Empregados de condomínio terão reajuste

Acordo também prevê vale de R$ 5. Taxa de condomínio pode ter reajuste de 3,2% a 4% para compensar

Os 250 mil empregados de condomínios e edifícios comerciais de São Paulo e mais 25 cidades do estado terão um reajuste salarial de até 10%. Desse total, 130 mil são porteiros e terão piso de R$ 925,57 já no próximo holerite. A data-base da categoria foi em outubro e os atrasados serão pagos.

O acordo foi fechado entre os representantes dos trabalhadores e o Secovi (Sindicato da Habitação). Para os trabalhadores que ganham o piso, cerca de 100 mil profissionais, o aumento foi de 10%. Os demais terão reajuste de 8%. O novo piso para zeladores ficou em R$ 966,57 e para faxineiros, em R$ 885,23.

“Foi uma negociação difícil,  que começou em julho e só terminou agora, porém, fizemos um ótimo acordo”, disse Paulo Roberto Ferrari, presidente do Sindifícios (Sindicato dos Trabalhadores em Edifícios Comerciais e Residenciais de SP).
Pela primeira vez, os trabalhadores conquistaram o direito ao vale-refeição, que será de R$ 5 a partir de janeiro.
“O valor do reajuste da categoria tem de ser equilibrado com a capacidade de pagamento dos moradores. Não podia ser um índice que deixasse inviável o pagamento da  taxa de condomínio. As despesas com folha de pagamento e encargos como FGTS e INSS representam de 40% a 50% do valor total da conta”, disse Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP. 
Segundo Gebara, um reajuste maior poderia aumentar a pressão pela redução de gastos do condomínio. “Como a maior despesa é com a folha, uma consequência natural desta pressão seria o corte de funcionários. O que é ruim para a categoria.”
 

Reajuste

O reajuste para os empregados terá um reflexo de 3,2% a 4% no valor da taxa de condomínio. “Já contabilizando a inclusão do vale-refeição e do reajuste do valor da cesta básica”, disse Gebara. Os empregados conseguiram um aumento, acima da inflação,  de 4,5 pontos percentuais.

Convenção Coletiva

Serviço

Fonte: http://diariosp.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...