O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
José Elias de Godoy

Drogas no condomínio

Apostar na prevenção é o melhor caminho para evitar problemas

Por Mariana Ribeiro Desimone - 12/06/17 10:13
Atualizado há 11 meses por Mariana Ribeiro Desimone
Apostar na prevenção é o melhor caminho para evitar problemas

Por José Elias de Godoy*

No último mês de maio, foi divulgado pela imprensa que um homem foi preso por suspeita de tráfico de drogas no interior de um condomínio em Mogi das Cruzes(SP)

 A notícia foi veiculada da seguinte forma: Vendedor é detido em condomínio de Mogi por suspeita de tráfico de drogas - Um vendedor, de 33 anos, foi preso na quinta-feira (11) por suspeita de tráfico de drogas. Ele estava em um condomínio no Parque Olímpico, em Mogi das Cruzes. De acordo com o policiais militares que estavam em patrulhamento foram até o condomínio e viram o suspeito saindo do bloco 3 e caminhando rapidamente em direção ao estacionamento. Ele foi abordado e revistado. Em seguida, os policiais receberam uma denúncia no local que o suspeito tinha saído de um apartamento no bloco 3. Os policiais foram até o apartamento que estava fechado e, com a chave encontrada com o suspeito, abriram o imóvel. Ao vistoriar o local, os policiais informaram que localizaram entre as roupas uma bolsa feminina onde estavam 85 invólucros de maconha, 241 de cocaína e 367 de crack. O vendedor negou ser dono das drogas. Mesmo assim ele foi detido e encaminhado para o 1º Distrito Policial.  (Veja notícia completa aqui)

O problema das drogas há muito tempo vem se tornando um flagelo para nossa sociedade, pois seu consumo tem aumentado consideravelmente a violência social. 

Pesquisas têm mostrado que cerca de 70% de todo e qualquer crime tem relação com as drogas, o que reforça o binômio drogas–violência, provando que ambas caminham juntas. 

O uso e o tráfico de drogas, que antes ocorriam com frequência nas ruas e nas escolas, já chegaram aos condomínios de uma forma assustadora e preocupante. 

Diante disso, surge a necessidade imperiosa da prevenção ao uso de drogas, em nosso caso específico, nos condomínios.

Essa precaução que deve atingir pais, adolescentes, crianças, funcionários, enfim, todas as pessoas ligadas ao prédio, moradores ou empregados, uma vez que o uso de drogas, por parte de moradores ou funcionários, pode ser uma das causas do aumento do número de furtos no interior dos condomínios. 

A educação preventiva vem sendo reconhecida como a grande saída para diversos males que assolam nossa sociedade, e existem inúmeras atividades a serem realizadas, todas elas visando, obrigatoriamente, estimular a informação e o diálogo na família a respeito desse enorme problema que afeta a todos, sem distinção de sexo, raça ou classe social. 

Para tanto, passaremos a descrever algumas dicas básicas de prevenção ao uso de drogas: 

  • Esclarecer as crianças, desde a infância, sobre o mal que as drogas causam à pessoa; 
  • Conversar bastante com os professores das crianças para saber de seu aproveitamento escolar; e verificar sempre a caderneta de presença dos filhos para constatar sua assiduidade às aulas; 
  • Conquistar a confiança dos filhos; é melhor que eles peçam um conselho aos pais do que a um amigo; 
  • Selecionar as companhias dos filhos e os ambientes que eles frequentam (clubes, bailinhos, etc.), pois más companhias conduzem ao uso de drogas e ao crime; 
  • Promover palestras educativas no condomínio para pais, adolescentes e crianças. 

José Elias de Godoy é consultor de Segurança em Condomínios pela SUAT e autor dos livros  "Manual de segurança em condomínios" e “técnicas de segurança em condomínios”. Para mais informações, escreva para elias@suat.com.br.

   

 

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...