O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Época de chuvas

Edifício no DF tem subsolo interditado por rompimento de estrutura

Publicado em: sexta-feira, 23 de novembro de 2012

 Defesa Civil do DF interdita subsolo de prédio que alagou com chuva

Equipe descobriu rompimento em parede que dá suporte a vigas. Interdição é no subsolo; restante da estrutura não estaria comprometida.
 
 
A Defesa Civil interditou parte de um prédio na Asa Norte por causa da chuva da tarde desta segunda-feira (19). Os bombeiros foram chamados por volta de meia-noite por causa do alagamento no subsolo de uma loja na 708 Norte. A água chegou a um metro de altura.
 
O major Wesley da Costa contou que, durante a operação, a equipe descobriu que uma das paredes que dão suporte às vigas do prédio estava rompida.
 
“Foi constatado que essa parede tinha desabado havia dois meses. Existe um cano que desce pela lateral e, constantemente, vai entrando água dentro desse compartimento, o que possivelmente trouxe o desabamento.”
 
A loja está desocupada, o homem que se apresentou como vigia do local não quis se identificar, mas admitiu que sabia do problema na estrutura e que uma obra estava sendo feita.
 
Os bombeiros acreditam que a estrutura do edifício pode ter sido afetada por causa da chuva desta segunda. Os moradores dos apartamentos de cima da loja foram impedidos de entrar. “Eu moro aqui há um tempo e não sabia que existia aí uma obra”, falou a secretária Maria da Conceição Silva.
 
Fotos feitas pelos técnicos da Defesa Civil indicam que as vigas do subsolo do prédio são sustentadas por pedaços de madeira. Há entulho e suspeita-se de retirada ilegal de água da rede da Caesb.
 
“O que a gente pode observar, até pela falta de luminosidade, é que tem muita gambiarra na canalização de água. A gente vai convocar a Caesb para dar uma olhadinha nisso e emitir um parecer definitivo sobre isso”, afirmou o subsecretário de operações da Defesa Civil, coronel Sérgio Bezerra.
 
A Defesa Civil decidiu interditar somente a loja e o subsolo do prédio, isso porque toda a área da calçada pode desmoronar. Os agentes isolaram a área ao redor do prédio. Pela avaliação, o restante da estrutura ainda não oferece risco às três famílias que moram no local, mas uma obra de recuperação tem que ser feita imediatamente.
 
O dono da loja não foi localizado. A Defesa Civil vai entrar em contato com Administração de Brasília para encontrá-lo. Ainda de acordo com a Defesa Civil, os prédios vizinhos não correm risco de desabamento.

Fonte: http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...