O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Férias e condomínio

Marcio Rachkorsky sugere jogo de cintura com as regras no período

Publicado em: segunda-feira, 17 de abril de 2017

Férias é hora de flexibilizar regras dos condomínios, diz advogado; veja dicas

O período de férias em janeiro é a hora de flexibilizar as regras dos condomínios, afirma o advogado e colunista da Folha Marcio Rachkorsky, especialista em administração predial.
 
"A palavra-chave é tolerância. As crianças estão em casa, acordam mais tarde, ficam até mais tarde nos espaços comuns. É preciso compreender que é hora de mudar um pouco", afirmou ele em entrevista à "TV Folha".
 
Rachkorsky sugere que, com bom senso e conversa, as crianças sejam chamadas para o diálogo. "O síndico chama, avisa que a regra diz barulho até as 22h, mas que no mês de férias vai ser até meia-noite. E que se houver abuso, vai voltar como era e o pai vai ser multado", exemplifica.
 
Ele lembra também que em condomínios menores tudo é mais simples que naqueles gigantes, que parecem condomínios-clube. E alerta para não flexibilizar o que coloca o coletivo em risco. "Pode trazer um amigo para a piscina, dois, mas não dez."
 
Dentro do apartamento também há regras, ressalta ele. "
 
Normalmente, das 8h às 22h é o tradicional, nas férias vale até meia-noite. Mas é preciso ter uma regra de silêncio absoluto sim." E pondera: "Tem gente que é muita chata, não tem jeito. Ele sabe que vai se mudar para um lugar com centenas de crianças, reclama se alguém usa a churrasqueira, reclama de tudo. E esse, paciência, ele vai sofrer", diz.
 
Sobre equipamentos que possam a vir ser estragados, o advogado diz que o ônus passa a ser do conjunto, todo mundo paga. Por isso ele dá a dica para que, sempre que possível, invista-se em câmeras de segurança.
 
Já para quem viaja e deixa o imóvel vazio, ele recomenda sempre deixar um contato para casos de emergência na portaria. 

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...