O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Gestão reprovada

De acordo com Instituto Pró-Síndico 47% dos moradores reprova síndicos

Publicado em: segunda-feira, 28 de abril de 2014

47% dos moradores reprovam os síndicos, aponta pesquisa

Responsável pela gestão do empreendimento é criticado pelo alto custo da taxa de condomínio, dizem os entrevistados
 
Uma pesquisa com moradores de condomínios, realizada pelo Instituto Pró-Síndico, revela que 47% dos entrevistados estão insatisfeitos em relação a seus síndicos.
 
O levantamento é estadual, mas, conforme a entidade, também reflete a realidade de Ribeirão Preto.
 
Ribeirão, segundo o Pró-Síndico, possui 3 mil condomínios verticais e horizontais. A região conta com 5 mil, enquanto o Estado de São Paulo possui 40 mil.
 
Entre os motivos da insatisfação com os síndicos estão o alto custo da taxa de condomínio. Essa despesa, conforme a pesquisa, resulta de gastos com folha de pagamento. Na maioria dos condomínios dos entrevistados, a despesa com folha vai de 50% a 70% do total de gastos.
 
Outra grande responsável pela alta de taxa de condomínio, conforme os entrevistados, são as despesas com manutenções de elevadores, piscinas, churrasqueiras e com jardinagem.
 
Segundo Dostoiévscki Vieira, diretor-executivo do Pró-Síndico, além do alto custo da taxa de condomínio, outra reclamação dos moradores está relacionada à tomada de decisões autoritárias por parte do síndico.
 
“Isso ocorre porque os síndicos, em sua maioria, não são pessoas preparadas para exercer a função determinada”, diz.
 
Dostoiévscki Vieira, diretor do Pró-Síndico, explica que o principal motivo do aumento das taxas condominiais está na má gestão, na falta de participação e de preparo do síndico.
Diminuir as taxas é uma tarefa que exige que o síndico tenha planejamento. Alguns pontos indicados por Dostoiévscki são fundamentais.
 
“A boa contratação de fornecedores, jornada de trabalho dos funcionários, economia de água – com a regulagem das descargas -, e elaborar um planejamento de obras”, cita ele.
 
“Outros pontos são fazer um esquema de manutenção preventiva nos equipamentos, porque a manutenção emergencial é mais cara e não deixar inadimplentes por muito tempo”, emenda. “Fazer o fundo de caixa para obras é outra prioridade.”
 
Evento em Ribeirão Preto deve reunir 300 neste sábado
 
O Hotel JP, em Ribeirão Preto, sedia neste sábado (26) o 3º Pró-Síndico Ribeirão, das 9h às 13h, com o objetivo de abordar temas ligados à área, tais como assuntos jurídicos, segurança, administração e profissionalização do segmento.
 
Segundo os organizadores do evento, a expectativa é de comparecimento de mais de 300 síndicos de Ribeirão e região.

Fonte: http://www.jornalacidade.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...