O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Jogo ilegal

No Rio de Janeiro, polícia achou bingo funcionando em apartamento

Publicado em: quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Bingo fechado em apartamento

Polícia Civil estoura imóvel, em prédio de Copacabana, com dez caça-níqueis. Em Pilares, agentes federais recolhem 30 máquinas
POR MARCELLO VICTOR
 
Policiais da 12ª DP (Copacabana) estouraram um bingo clandestino, na noite de segunda-feira, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. A jogatina funcionava dentro de um apartamento num edifício residencial da Avenida Princesa Isabel. Cinco idosos que jogavam no local — quatro mulheres e um homem — foram detidos, levados para a delegacia e liberados após prestarem depoimento, assim como a copeira que trabalhava no imóvel. Foram apreendidas 10 máquinas de videobingo.
 
De acordo com o delegado adjunto da 12ª DP, Bruno Gilaberte, a polícia chegou ao local com a ajuda de denúncias e de uma investigação de cerca de 20 dias. Segundo ele, a exploração do jogo em edifícios residenciais é uma nova forma dos criminosos agirem, desde que houve um aumento na repressão policial no combate aos bingos.
 
“Os donos de bingo estão deixando de fazer a exploração ostensiva do jogo em grandes locais e preferindo os menores e mais discretos”, disse o delegado. A polícia, agora, tenta localizar e identificar o responsável pela exploração no bingo estourado na Avenida Princesa Isabel.

NA ZONA NORTE

Na tarde de ontem, foi a vez de a Polícia Federal (PF) fechar um bingo que funcionava em Pilares, na Zona Norte do Rio. Um funcionário acabou detido e 30 máquinas caça-níqueis, apreendidas.
 
Uma denúncia anônima levou os agentes da PF ao imóvel na Rua João Ribeiro, onde 15 apostadores jogavam. Cerca de R$ 4,8 mil foram apreendidos.

Fonte: http://odia.terra.com.br/portal/rio/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...