O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Locação frustrada

Inquilinos são proibidos de entrar em condomínio onde está a mudança

Publicado em: quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Família é proibida de entrar em condomínio

Uma família de portugueses registrou boletim de ocorrência e entrou na Justiça ontem com pedido de liminar para que possa entrar no condomínio de luxo Débora Cristina, zona sul de Rio Preto, onde alugou uma casa na semana passada. Desde sexta-feira, pai, dois filhos e um genro estão proibidos de acessar o imóvel após o proprietário desistir do negócio. Eles alegam já terem feito a mudança e que parte da família já está no imóvel. Além de privação de direitos, o advogado dos portugueses, José Luiz Polezi, registrou ocorrência acusando o condomínio de cárcere privado porque a esposa, a sogra e três netos, entre eles um bebê de oito meses, estão dentro da casa, impossibilitados de usar as dependências externas do condomínio. O advogado conta que havia um acordo verbal para locação, tanto que a família fez a mudança e desde quarta-feira já dormia no imóvel, mas na sexta-feira foram barrados na portaria. A confusão começou depois que o fiador do aluguel, que também mora no condomínio e é amigo do dono do imóvel, avisou que não assinaria mais o contrato. Já o advogado do Débora Cristina, Marcos Cais, alega que já pediu aos portugueses para deixar o imóvel e nega que tenha havido abusos. Ele afirma que seu cliente não quer mais alugar a casa e nunca houve contrato assinado, porém confirma que, na semana passada, ele havia autorizado a mudança. O Diário procurou a família, que trabalha no ramo de confeitaria e está há dois anos em Rio Preto, mas não quiseram falar. O advogado entrou ontem com habeas corpus para que a Justiça autorize a entrada da família até uma solução para o caso.

Fonte: http://www.diarioweb.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...