O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Medida verde

Em Palhoça (SC) condomínios recebem coletores de óleo vegetal

Publicado em: quarta-feira, 3 de abril de 2013

 Palhoça instala coletores de óleo em condomínios do projeto Minha Casa Minha Vida

Secretaria Municipal da Habitação e iniciativa privada oferecem bombonas e encaminham o material descartado para reciclagem
 
A Secretaria Municipal da Habitação de Palhoça está instalando tambores para coleta de óleo vegetal em edifícios do programa Minha Casa Minha Vida. Inicialmente, foram fornecidas bombas de 50 litros pela empresa NoDirtyEnv – que também fará a coleta do material diretamente no local – em seis prédios da cidade. Os condomínios que desejarem utilizar bombonas para a coleta, sem custos de instalação ou recolhimento do material descartado, devem entrar em contato com a Secretaria ou com a própria empresa.
 
O impacto ambiental provocado pelo óleo de cozinha é mais danoso do que se imagina: um único litro de óleo vegetal descartado em redes de esgoto ou no solo pode poluir até um milhão de litros de água, e não há estimativas de tempo de decomposição para o material. Segundo relatos de técnicos, a formação de uma película superficial que dificulta a troca gasosa entre o ar e a água é um dos principais efeitos do óleo ao meio ambiente, além da vedação de órgãos respiratórios dos animais e a impermeabilização das raízes de plantas.
 
A instalação dos tambores não é uma iniciativa isolada, e outros municípios da Grande Florianópolis também dispõem de mecanismos de coleta do óleo descartado. O projeto ReÓleo, da ACIF (Associação Comercial e Industrial de Florianópolis), funciona há 15 anos na Capital e conta com mais de 200 pontos de coleta, tendo inclusive colocado a cidade no Guiness Book como a que mais recicla óleo de cozinha no mundo.
 
Já em Biguaçu, o material deve ser acondicionado em garrafas pet pelos usuários para ser recolhido pelos caminhões da coleta de lixo reciclável, e então encaminhado a Curitiba para ser transformado em materiais de limpeza.

Fonte: http://www.ndonline.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...