O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Preso em flagrante

Porteiro é detido por roubo em condomínio

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Porteiro de condomínio de luxo em Cuiabá é preso por furtar de apartamento Rolex avaliado em R$ 40 mil e joias

Porteiro confessou o crime e disse que pretendia vender os objetos para comprar uma arma de fogo de um homem, que também foi preso. Ação foi flagrada por câmeras de segurança.

O porteiro de um condomínio de luxo em Cuiabá foi preso nessa segunda-feira (18) suspeito de furtar objetos de valor de um apartamento. Foram furtados um relógio da marca Rolex, avaliado em mais de R$ 40 mil, e duas correntes de ouro, segundo a Polícia Civil.

Conforme a polícia, o porteiro confessou o crime e disse que pretendia vender os objetos para comprar uma arma de fogo de um homem, que também foi preso. Nesse caso, por porte ilegal de arma de fogo.

O crime foi cometido no dia 10, em um edifício localizado no Bairro Quilombo, na capital, deste mês e vinha sendo investigado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

A polícia começou a investigar o crime após denúncia da vítima. Foram analisadas imagens das câmeras de segurança do apartamento e o porteiro foi identificado como autor do furto.

De acordo com a Polícia Civil, pelas imagens, foi possível verificar que, no horário do furto, o suspeito saiu da portaria e subiu pelas escadas, as quais não possuem câmeras, ficando por cerca de 10 minutos fora do posto de trabalho.

Com a identificação do suspeito, os policiais entraram em contato com a empresa terceirizada com a qual o porteiro possui vínculo e pediu que solicitasse a presença dele.

Os policiais montaram campana perto da empresa e abordaram o suspeito quando ele chegava ao local.

No baú da motocicleta do suspeito, os policiais encontraram o relógio Rolex, que foi reconhecido pela vítima como o furtado do apartamento dele.

Preso em flagrante, ele foi levado para a delegacia, onde prestou depoimento. À polícia, ele confessou o crime e revelou que pretendia comprar uma arma de fogo, oferecida por um conhecido.

Com as informações, os policiais foram até a residência do suposto vendedor, na região do Bairro CPA, em Cuiabá.

No local, o suspeito que estava com um revólver calibre 38, com seis munições, na cintura, foi preso e autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

 

Fonte: https://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...