O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Problemas construtivos

Condomínio de 2014 foi destelhado por tempestade

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Condomínio destelhado em tempestade denuncia falta de assistência de construtora

Empreendimento construido em 2014 foi destelhado durante temporal da quarta-feira

Moradores do Condomínio Orquídea, no bairro Jardim Carioca, foram uns dos afetados pela forte chuva da última quarta-feira (3), na Capital. Com os ventos de cerca de 65 km/h, parte do telhado de vários imóveis foi arrancada.

O problema é que a administração do condomínio não consegue localizar telhas para reposição, já que o modelo utilizado teria sido trazido pela construtora, a Brooksfield – que atualmente se chama Bisa Incorporadora -, de Goiânia (GO).

“Já procuramos essas telhas em todas as lojas de material de construção da cidade e ninguém aqui tem. Como isso já ocorreu em 2014, no ano em que o condomínio foi entregue, sabemos que a construtora utilizou um tipo de telha que só é fabricado em Goiânia. E agora estamos receosos, porque é algo que demora a chegar e enquanto isso os apartamentos ficam desprotegidos”, destaca o síndico do condomínio, Eder Pereira de Oliveira.

O síndico também destacou que tem encontrado dificuldade de comunicar-se com a empresa – os contatos seriam também por itens de segurança já exigidos pela legislação municipal e estadual na época da construção, como luzes de emergência, mas que não foram instalados.

Ele também afirmou que durante o primeiro destelhamento, em 2014, o engenheiro da Caixa Econômica Federal vistoriou o local e teria dito que as telhas utilizadas deveriam ser de outro modelo, visto que o utilizado não seria adequado para alturas com mais de 10 metros. Segundo Eder, o empreendimento ainda estaria na garantia em relação a estrutura, que vence em 2019.

A reportagem buscou contato com a construtora, que relatou por meio de nota que prestará assistência ao condomínio e que mantém canal de comunicação aberto à disposição da administração do prédio.

“A Bisa Incorporadora informa que, em função das fortes chuvas e rajadas de vento incomuns que atingiram Campo Grande (MS), ontem (3/10), algumas casas dos condomínios Margarida e Orquídea – que fazem parte do complexo Nelson Trad, no bairro Jardim Carioca – sofreram destelhamento. Não houve feridos. A empresa informa que na manhã de hoje (4/10), já deslocou profissionais ao local para prestar orientações técnicas aos síndicos”, traz a nota.

A Bisa Incorporadora também destacou que o material utilizado no telhado atende as especificações técnicas exigidas pela Caixa Econômica Federal, que financiou a obra. “A empresa esclarece, ainda, que as telhas instaladas no empreendimento são fornecidas por fabricante de referência nacional, seguindo todas as orientações e recomendações técnicas de instalação e com anuência da Caixa Econômica Federal”, conclui.

 

Fonte: https://www.midiamax.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...