O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Danos morais, Calúnia e Difamação

Racismo no condomínio

Moradora de condomínio em SP terá de pagar R$ 15 mil a porteiro

SP: mulher pagará R$ 15 mil por racismo contra porteiro

A moradora de um condomínio de São Paulo terá de pagar R$ 15 mil ao porteiro do prédio após fazer ofensas racistas contra ele. Nesta sexta-feira, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) manteve decisão da 25ª Vara Cível da capital e condenou a ré ao pagamento de indenização por destratar, ofender e injuriar a vítimas várias vezes.
 
De acordo com o processo, a moradora do prédio teria dito que, pelo fato de ser negro e nordestino, a vítima deveria morar em uma favela. 
 
Em seu recurso, a condômina alegava que as ofensas morais não foram comprovadas e que uma das testemunhas não teria presenciado qualquer ato discriminatório. Moradores testemunharam contra ela na Justiça.
 
Para a relatora do recurso, desembargadora Ana Lúcia Romanhole Martucci, as ofensas foram devidamente comprovadas e o valor indenizatório, bem fixado. “Irrelevante a alegação da ré de que houve testemunhas que não presenciaram os fatos, o que é meramente circunstancial, diante do fato de que houve pessoas que presenciaram os xingamentos, inclusive com registro em documento condominial não impugnado.” Os desembargadores Francisco Loureiro e Eduardo Sá Pinto Sandeville acompanharam o voto da relatora. 

Fonte: http://noticias.terra.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...