O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Reajuste em SP

Sindicato busca 13% de atualização do salário da categoria

Publicado em: quarta-feira, 20 de julho de 2016

Trabalhadores em edifícios reivindicam 13% de reajuste

Os trabalhadores em edifícios e condomínios de São Paulo se reuniram em assembleia na noite desta quinta-feira, dia 21, para debater a situação atual da categoria, elaborar e aprovar a pauta de reivindicações a ser encaminhada ao sindicato patronal - Sindicato dos Condomínios de Prédios e Edifícios Comerciais, Industriais, Residenciais e Mistos Intermunicipais do Estado de São Paulo (Sindicond).

Este ano, a pauta chegará ao patrão pela Federação dos Empregados em Edifícios e Condomínios do Estado de São Paulo (Fecoesp) com a intenção de elevar a voz do trabalhador perante o patronal que ano passado não recebeu o trabalhador para negociar.  A Fecoesp representa mais de 30 sindicatos da categoria. A data-base é 01 de outubro.

Após votada e aprovada, o pedido da categoria será de um reajuste de 13% sobre os pisos, cesta básica e vale-refeição. Abaixo segue o piso ATUAL da categoria.

a) Zeladores - R$ 1.231,74Assessoria de imprensa do Sindifícios-SP

b) Porteiros ou Vigias, Garagistas, Manobristas e Folguistas - R$ 1.179,90

c) Cabineiros ou Ascensoristas - R$ 1.179,90

d) Faxineiros e demais empregados - R$ 1.128,07

Cesta básica: R$ 206,7

Vale-Refeição: R$ 7,61

Fonte: http://www.mundosindical.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...