O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Reclamação de barulho

Casal recebe bilhete sobre choro de seus filhos

terça-feira, 3 de abril de 2018

Em condomínio, pais recebem bilhete com reclamação sobre o barulho dos filhos e acionam a polícia

Foi com um misto de raiva e tristeza que Luana Alves e o marido reagiram ao ler o bilhete deixado, no último dia 20, na caixa de correspondência de seu apartamento, no bairro Floresta, em Porto Alegre. No papel, constava o seguinte texto:

"O que é mais idiota, duas crianças insuportáveis que choram dia e noite, ou dois chinelos que resolvem ter filhos? Qual a razão para os moradores terem que aguentar choro de filho  'dos outros'?"

De acordo com Luana, jornalista e mãe de um menino de cinco anos e de uma menina de dois, na noite em que a mensagem foi recebida, o seu filho estava muito agitado, chorando bastante desde que havia chegado da escola, o que se estendeu por cerca de 40 minutos.

— Bom, se acham que os meus filhos choram muito, poderiam bater na minha porta e perguntar o que estava acontecendo, nada demais, que simplesmente crianças choram, algumas mais, outras menos. Então foi um misto de sentimentos — afirma Luana. 

Luana diz que essa foi a primeira vez em que a família precisou lidar com esse tipo de situação. Ela acrescenta que, em fevereiro, uma moradora do apartamento ao lado também recebeu uma carta com reclamação devido ao barulho — no caso, por causa de seu cachorro. No bilhete de fevereiro, os filhos de Luana teriam sido citados.

— Deve ser analisado caso a caso. A lei fala que o condômino não deve utilizar sua área de maneira prejudicial ao sossego, à salubridade e  à segurança dos demais proprietários, ou aos bons costumes — diz a advogada especializada em direito imobiliário Mara Anália Nóbrega

Segundo a advogada, isso está presente no artigo 1336 do Código Civil. 

— Tendo como base o documento, os próprios condomínios estabelecem as suas regras de conveniência — ressalta. – O vizinho tem o direito de exigir o bom senso, mas jamais de forma ofensiva ou fazendo esse tipo de comentário.

Como reação ao recado anônimo endereçada ao casal, Luana e o marido afixaram em um mural na entrada do prédio uma mensagem: "Se o choro dos nossos filhos te incomoda, vai morar no meio do mato. Tomara que o canto dos pássaros e o barulho do vento não incomodem".

— Mas logo depois a gente resolveu tirar para não ficar essa coisa do bate-boca — diz Luana. 

O casal realizou um boletim de ocorrência online na Polícia Civil alegando injúria e, em reunião na última quarta-feira (28) entre condôminos, expôs aos vizinhos o caso, que foi registrado em ata. 

A polícia encaminhou a denúncia do casal para a Central de Termos Circunstanciados, que está avaliando as medidas a serem tomadas.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil do Estado, quando um boletim online é realizado, uma equipe analisa a denúncia com o objetivo de averiguar se a ocorrência se configura como ameaça.

Se sim, dependendo da gravidade, o caso pode ser encaminhado para a Central de Termos Circunstanciados, quando o crime é considerado de menor potencial ofensivo, ou à delegacia distrital próxima ao local onde aconteceu o fato. Caso seja interpretado que a ocorrência não representa ameaça, o boletim pode ser indeferido e o caso encerrado.

Fonte: http://dc.clicrbs.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...