O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Sem chuveiro elétrico

Construtora em ES afirma que aparelho é inviável em condomínio

Publicado em: quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Chuveiro elétrico é inviável em condomínio do ES, diz construtora

Condomínio Privilège está com o sistema de gás interditado há semanas. Enquanto isso, moradores estão sem poder usar fogão e água quente.

A construtora Metron Engenharia, responsável pelo condomínio de luxo Privilège, na Praia de Santa Helena, em Vitória, informou que a instalação de uma nova rede para chuveiros elétricos é inviável.

O condomínio está com o sistema de gás interditado desde o dia 5 de agosto por causa de vazamentos atestados pelo Corpo de Bombeiros. Enquanto não há solução para o problema, os moradores não conseguem usar o fogão e sem água quente no chuveiro.

A Metron Engenharia tinha um prazo de 48 horas, determinado pela Justiça, para apresentar um estudo de viabilidade técnica para instalação de chuveiros elétricos nos apartamentos.

Os chuveiros elétricos são uma das principais reivindicações dos moradores que estão sem gás e relatam que precisam aquecer a água do banho desde então. Tanto o fogão quanto os chuveiros funcionam apenas a gás.

A construtora disse que apresentou seu posicionamento à Justiça alegando que vê “com reservas” o laudo preliminar da perícia que determina a substituição de toda a rede de gás.

Segundo a nota, “o laudo não leva em conta exame tecnológico e laboratorial”, de materiais coletados pelo perito judicial e enviados para exame, “cujos resultados ainda não estão disponíveis”.

O advogado dos moradores, Gedaias Freire, alega que independentemente do teste, o problema de vazamento de gás existe no condomínio.

“Tanto que foi atestado pelo Corpo de Bombeiros. Além disso, isso não muda a conclusão do perito de que a rede não pode ser reparada. O teste de laboratório só vai mostrar o que está provocando os vazamentos. Mas o problema existe”, conclui.

Na nota enviada pela empresa, não há nenhuma outra alternativa para solucionar os problemas dos moradores.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...