O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Sem telefone

Condomínios no RJ, em São Conrado, estão há cinco dias sem serviço

Publicado em: sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Clientes da Oi em São Conrado estão há cinco dias sem telefone e internet

Segundo operadora, interrupção dos serviços foi causada por "obras de terceiros" na região   Obras da prefeitura e do governo do Estado em São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro, tiraram do ar as linhas telefônicas fixas e internet banda larga da operadora Oi em toda a extensão da Avenida Prefeito Mendes de Morais. A empresa informou na noite desta terça-feira (13/1) que já enviou técnicos para resolver o problema que afeta boa parte do bairro, no entanto, os moradores afirmam que nenhum reparo foi efetuado até o momento. A paralisação do serviço completa nesta quarta (14) cinco dias. A demora para que o problema seja solucionado, e as recentes notícias com relação aos negócios da operadora, que amarga perdas acentuadas na bolsa de valores, profunda desvalorização e crescimento da dívida líquida, leva usuários a acreditarem que as dificuldades financeiras estão afetando o serviço, diminuindo inclusive a quantidade de funcionários à disposição para resolver problemas técnicos. Os moradores de condomínios na orla de São Conrado foram os mais afetados pelo problema no bairro. Alguns condôminos não descartam a possibilidade de entrar com processo contra a Oi, alegando descaso e um grande prejuízo causado pelo uso excessivo de celular em substituição à linha fixa. A administração do condomínio Praia Guinle informa que o problema persiste nos 165 apartamentos do conglomerado habitacional.

"Nos dias de hoje, em que a tecnologia está tão evoluída, é uma vergonha e um retrocesso uma empresa de telefonia demorar tanto tempo para resolver um problema técnico", disse a moradora do condomínio Praia Guinle, Sônia Furtado Alves Ferreira, de 65 anos. "Esta empresa [Oi] deveria ter uma relação mais aberta com os usuários dos seus serviços. A gente liga para reclamar e eles não dão uma satisfação e nem prazo para resolver a questão", acrescentou o jornalista Ricardo Bruno, que reside no mesmo condomínio.

Segundo a condômina Rosana Diniz, uma reunião de condomínio deve ser realizada para decidir por um processo contra a operadora, por danos morais e financeiro. O mesmo procedimento será feito pelo administrador do condomínio Litorânea, João Bosco Vieira, alegando que 90% dos apartamentos estão com as linhas telefônicas fora do ar.

"Eu mesmo estou sem internet e sem como me comunicar com as pessoas. Todo o meu trabalho aqui no condomínio está parado, esperando por uma solução da Oi e a empresa não diz nada e nem dá previsão de conserto. Um absurdo!", destaca ele.

Fonte: http://www.jb.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...