O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Tentativa de invasão

Jovens se identificaram na portaria como sobrinhos de morador

quinta-feira, 3 de outubro de 2019
WhatsApp
LinkedIn

Jovens se passam por sobrinhos de morador para invadir condomínio

Porteiro recebeu ligação de suposta moradora de apartamento do prédio avisando que meninos visitariam o local, que fica no Morumbi, zona sul de SP

Dois adolescentes se passaram por sobrinhos de morador de um condomínio na Vila Andrade, região do Morumbi (zona sul de São Paulo), para entrar no local e furtar apartamentos. A ação foi percebida pela porteiro, que conseguiu segurar um até a chegada da polícia e o outro fugiu.

Conforme o registro no 89º DP (Portal do Morumbi), os dois jovens entraram no condomínio depois que uma pessoa se passando por morador ligou na portaria do prédio e disse que dois sobrinhos iria visitar o local, tendo em vista que poderiam se mudar para o prédio.

Pouco depois da ligação, os dois rapazes chegaram. O porteiro, que tem 65 anos, disse que permitiu a entrada da dupla porque o apartamento que eles disseram que visitariam estava vazio e já havia sido comunicado sobre tal visita.

Quando percebeu que os jovens estavam demorando no interior do condomínio, o porteiro afirma que acionou o agente de segurança do local, que foi procurar a dupla. Eles estavam no hall do prédio.

Para a Polícia Civil, o agente de segurança disse que viu os adolescentes portando um cofre. Informou, então, que eles não estavam autorizados a sair com nada do condomínio.

Os jovens tentaram se desvencilhar do agente de segurança, que iniciou uma luta corporal com os adolescentes. Ainda segundo o funcionário, os suspeitos começaram agredi-lo com uma chave de fenda.

Depois da confusão, um dos adolescentes abandonou o cofre e conseguiu fugir do local pulando o muro do condomínio. O outro foi contido pelo porteiro do prédio.

Mais tarde, uma moradora do 17º andar do prédio chegou e percebeu que ela que havia sido vítima. Os adolescentes invadiram seu apartamento, reviraram o imóvel e estavam tentando levar um cofre.

Ela disse à Polícia Civil que o valor estimado que levaria de prejuízo, caso os adolescentes conseguissem levar o cofre, seria de aproximadamente R$ 100 mil. 

Na delegacia, o adolescente apreendido confessou o crime, disse o nome do amigo que estava com ele, mas afirma que não participou da luta corporal com o agente de segurança do prédio.

Ele foi detido e encaminhado para a Vara da Infância e Juventude. O outro adolescente envolvido no caso segue foragido.

Fonte: https://noticias.r7.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...