O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Tiros em vizinho

Policial que feriu idoso alega ter problema mental

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Vídeo mostra capitão da PM atirando em vizinho após discussão em Cabedelo, PB

Para assistir esse vídeo, acesse aqui. Você será redirecionado para outro site.

Câmera de segurança flagrou policial militar atirando e caminhado no prédio com arma em punho.

Um vídeo gravado pelo circuito de segurança mostrou o momento em que um capitão da Polícia Militar atira contra um vizinho na garagem de um edifício residencial no bairro de Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. Nas imagens, o policial militar bate em um idoso com um pedaço de pau e depois corre armado contra um outro homem e atira várias vezes.

Ainda conforme a gravação, uma mulher desce as escadas ao ouvir os disparos, mas ao ver a cena, retorna correndo. O capitão aparece logo em seguida com a arma em punho e sobe as escadas rapidamente. O policial militar Alexandre Enedino foi preso no sábado (31) horas depois de atirar contra o vizinho no condomínio em que ambos moram.

Inicialmente foi dito pela polícia que o PM foi até uma área onde era realizada uma festa, mas as imagens mostram que o confronto do policial e da vítima foi feito na garagem do prédio, após uma discussão. Alexandre Enedino segue preso no Centro de Ensino da Polícia Militar, mas deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira.

O vizinho baleado, que não teve a identidade revelada pela polícia, foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde passou por tratamento médico de emergência e seguia internado em estado regular até a manhã desta segunda.

De acordo com policiais da Delegacia de Homicídios, o policial e o vizinho tinham um histórico de desentendimento e discutiram outras vezes. Outros moradores do prédio relataram que o policial costuma apontar a arma para vizinhos em tom de ameaça. A esposa do vizinho baleado relatou que o marido tinha ido comprar cigarro quando foi abordado pelo capitão da PM.

“Ele entrou com um pau e bateu nesse senhor. Meu esposo não gostou da atitude e pediu para que ele se acalmasse. Ele viu meu marido, sacou a arma e foi andando em direção a ele. Meu marido saiu recuando até que ele deu o primeiro disparo. Ele [marido] correu para fora do prédio e o policial deu mais três disparos”, contou.

Ainda de acordo com a esposa da vítima, após balear o vizinho, o capitão da PM Alexandre Enedino voltou para dentro do prédio e deu um tiro para alto, ameaçando que iria matar os demais.

“Um já foi, agora vou matar os demais”, comentou a esposa da vítima.

Na delegacia, o policial militar afirmou que tem problemas mentais, embora nenhum laudo tenha sido entregue. A Polícia Militar informou que Alexandre Enedino trabalha normalmente e está lotado na corregedoria da corporação.

Fonte:g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...