O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Ar condicionado

Aparelho que pinga na calçada é ilegal em Porto Alegre

Publicado em: quinta-feira, 22 de março de 2012

 Ar-condicionado que pinga na calçada é ilegal

Prédios da capital devem corrigir problema dos aparelhos, de acordo com Código de Posturas de 1975
 
Os pingos dos aparelhos de ar-condicionado que caem dos prédios incomodam pedestres e contrariam o Código de Posturas de Porto Alegre. A lei que proíbe o gotejar nas calçadas está em vigor desde 1975 e é pouco respeitada. Por falta de interesse dos condomínios e falta de fiscalização da prefeitura, muitos imóveis infringem a lei. 
 
Na esquina da Jerônimo Coelho com a Borges de Medeiros, o prédio do INSS é um símbolo do problema com seus cerca de 120 aparelhos. O vendedor Manoel Neto, que trabalha nas proximidades, contou que todo dia se forma uma poça d’água nas escadarias do viaduto.
 
“Teve gente que já resvalou na escada pois a água forma limo nos degraus e deixa o piso escorregadio”, afirmou. 
 
O chefe de administração do INSS, Luis Cândido Silva, diz que muitos dos canos de saída de água no prédio estão danificados ou entupidos. “Estamos fazendo nossa parte, já foi solicitada a manutenção do aparelhos”, informou. 
 
A Smov (Secretaria Municipal de Obras e Viação), responsável pela fiscalização dos aparelhos de ar-condicionado que pingam, não soube informar na sexta-feira se já houve alguma autuação. Queixas podem ser feitas pelo 156.
 

Fonte: http://www.band.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...