O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Busca por segurança

Condomínios horizontais podem ser opção para quem quer morar em casa

Publicado em: quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Condomínio é opção na busca por moradia segura em Uberlândia

 
Na hora de optar por comprar uma casa em um condomínio fechado ou uma casa “de rua” duas características chamam a atenção do comprador. A primeira é a segurança proporcionada pelos condomínios horizontais, que oferecem portaria controlada 24 horas e equipe de vigias se revezando por turnos entre outros cuidados. Por outro lado, há o custo financeiro adicional para esses e outros serviços de manutenção das áreas comuns, além de regras de convivência a serem respeitadas.
 
“A vida em condomínio fechado é um modelo que vem ganhando espaço, principalmente em cidades com mais de 100 mil habitantes onde o clamor por segurança é maior”, afirmou o diretor comercial de uma construtora com cinco condomínios horizontais em Uberlândia, Marco Mello.
 
Segundo Marco Mello, morar em condomínio exige adequação de viver em comunidade dentro de um único espaço (Foto: Cleiton Borges)
Segundo ele, antes de optar pela compra de um imóvel do tipo, é preciso analisar a capacidade de adaptação das pessoas.
 
“Este tipo de residência tem um formato sócio-espacial que se adapta a um estilo de vida. Exige adequação de viver em comunidade dentro de um único espaço, um condomínio cercado. E há quem não se encaixe culturalmente ou não tenha condições socioeconômicas”, disse.
 
A segurança é o primeiro apelo para a vida em condomínio, segundo a diretora de uma administradora de condomínios em Uberlândia Alessandra Paulínia. O segundo apelo ela acredita ser o resgate de uma convivência social que vem se perdendo com o tempo.
 
“Nossos pais e nossos avós tiveram no passado uma convivência com vizinhos que não se tem mais. É o retorno da valorização do relacionamento, de andar de bicicleta na rua.”
 
Sobre os possíveis pontos negativos de morar em um condomínio fechado, um administrador de condomínios que conversou com a reportagem, mas pediu para não se identificar, disse que há ainda muita dificuldade em fazer com que os condôminos todos cumpram os regulamentos. “As pessoas ainda têm dificuldade em conviver sociedade, em cumprir regras, obedecer normas”, afirmou. “As pessoas são resistentes a se autodisciplinarem. A maioria não está acostumada aos limites e acha que é tudo livre, tudo pode”.
 

 Moradores

 
Sete anos atrás, quando decidiu se mudar com a família para o condomínio em que vivem, na zona sul de Uberlândia, a aposentada Solange Thielmann Steigert havia passado por um grande susto. Mesmo com câmeras de segurança e uma série de outros cuidados instalados no prédio em que morava, um ladrão havia escalado os andares durante a madrugada e invadido seu apartamento usando a entrada de um vitrô no banheiro. O prejuízo foi apenas uma bolsa roubada, mas a paz da família ficou abalada.
 
“Isso influenciou totalmente nossa decisão de vir para o condomínio. Aqui tenho tranquilidade de sair e voltar sabendo que minha casa está segura. Posso viajar com tranquilidade”, afirmou.
 
Ela afirma que sempre aconselha suas amigas a fazerem o mesmo. “As que conversam comigo acabam resolvendo ir para condomínio fechado também.” Como inconveniente, ela afirma existir o mesmo de morar em prédios: o custo dos serviços para manutenção das áreas comuns. “Só que em prédio não há esse tipo de garantia de segurança.”
 
A mudança feita de um apartamento para uma casa em condomínio fechado, também na zona sul, há cinco meses pelo supervisor comercial Leonardo Soares Pereira também mudou seu estilo de vida. Segundo ele, os serviços profissionais de segurança prestados 24 horas foram decisivos, mas não o único atrativo.
 
“A segurança não tem preço, mas mudei também interessado em ter mais espaço, dispor de uma área de lazer, ter mais oportunidade de receber meus amigos”, disse.
 
A parte menos prazerosa, segundo ele, são as muitas regras a obedecer. “É preciso aderir às normas do condomínio, não tem liberdade total. Mesmo quando chegam amigos para visitar, há uma série de procedimentos na portaria, uma burocracia que é um pouco chata, mas necessária. No geral, vale a pena.”
 

Casa em condomínio fechado

 
 Vantagens
 
– Segurança profissional
 
– Área livre e opções de lazer
 
– Convívio social facilitado
 
– Liberdade
 
Desvantagens
 
– Custo da taxa de condomínio
 
– Regras de convívio a serem obedecidas
 
– Liberdade restrita na realização de festas, uso de som alto etc
 

Casa de rua

 
Vantagens
 
-Liberdade
 
-Não há gastos com serviços
 
Desvantagem
 
– Insegurança
 
 

Fonte: http://www.correiodeuberlandia.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...