O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Coluna: De Olho no Mercado

Cobrança extra-judicial de devedores em condomínios

Empresa especializada pode ser um desestímulo à inadimplência no seu condomínio

Por Mariana Ribeiro Desimone - 12/09/17 02:47
Atualizado há 10 meses por Caroline Silva
Empresa especializada pode ser um desestímulo à inadimplência no seu condomínio

Receber as taxas condominiais em dia é um dos principais objetivos dos condomínios. Afinal, a inadimplência está cada vez mais presente nos residenciais brasileiros.

E nessa luta diária, a cobrança judicial torna-se uma arma importante em diversos casos. Porém, antes de partir para os meios jurídicos, uma tentativa bem-feita de cobrança amigável com o inadimplente quase sempre vale a pena.

É nesse momento que muitos condomínios têm tido sucesso ao optar por terceirizar a cobrança extra-judicial com uma empresa profissional nesse tipo de processo.

Como funciona a cobrança extra-judicial para condomínios

A praxe adotada pelos condomínios, geralmente, é esperar três meses antes de entrar com ação judicial contra o devedor.

Quem não usa um serviço especializado costuma contar com os serviços da administradora, que podem incluir ligações e cartas para quem não está em dia com as suas obrigações com o condomínio.

“Infelizmente, muitas pessoas recebem essas cartas e telefonemas e não reagem, não pagam”, pontua Luis Eduardo Rezende Caracik, diretor da Êxito, empresa especializada em cobranças extra-judiciais para condomínios.

Durante esse período, porém, empresas especializadas realizam um trabalho customizado no sentido de atender e entender o devedor, e conscientizá-lo do seu papel no condomínio. 

“Nossos clientes ficam satisfeitos porque cobramos de forma a preservar a relação entre a administração do condomínio e os devedores. Afinal, essas pessoas vão continuar a se cruzar nas áreas comuns, é importante que o bom relacionamento entre as partes perdure”, argumenta Luis Eduardo

“Recebemos a listagem dos devedores pela administradora. Então, nossos analistas de cobrança, treinados em legislação condominial, fazem o primeiro contato, via telefone. Assim, começamos um diálogo que tem como objetivo o pagamento do débito para o condomínio antes dos três meses”, explica o diretor da Êxito.

Quem paga pelos serviços da empresa é o próprio devedor – a taxa varia entre 10% e 20% do débito em questão. 

“A grande maioria dos nossos clientes opta por 20% do débito. É uma forma de desestimular a inadimplência no condomínio”, argumenta Luis Eduardo.

Além da ligação, a empresa trabalha também com contatos por e-mail, SMS e até por whatsApp. 

“Queremos nos comunicar da forma que for melhor para o devedor, sempre de uma forma polida, transparente e firme”, explica ele.

Taxa de sucesso

Com esse modo de operar, a empresa consegue o valor das taxas de condomínio atrasadas em 97% das vezes – desses, 60% no primeiro mês. No segundo mês, 30% e no terceiro mês, 7% dos casos.

“Se após esses três meses o devedor não quitar seus débitos com o condomínio, aí sim, entra-se com a ação judicial”, explica Luis Eduardo.

A chave para atingir esse patamar de sucesso, é justamente, não esperar para cobrar o inadimplente, uma vez que uma dívida maior fica cada vez mais difícil de pagar.

“E também é importante mostrar que quem está em dia com o condomínio não deve arcar com taxas extras ou outras penalidades porque há quem não pague o condomínio”, finaliza ele.

Saiba mais

Êxito Cobranças

Nota: a coluna “De olho do mercado” se refere a informes publicitários. Esse tipo de texto publicitário serve para que um anunciante escolhido pela equipe do SíndicoNet explique como funciona seu produto ou serviço de maneira diferenciada. O SíndicoNet não trabalha com matérias pagas, e essa é a nossa maneira de lhe dizer que esse conteúdo é publicitário, e que foi escolhido cuidadosamente para você, nosso leitor. Caso tenha dúvidas sobre outros conteúdos publicitários no nosso portal, por favor, nos escreva aqui. Isso reafirma o nosso compromisso com a transparência do nosso conteúdo.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...