O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Condomínio invadido

Onda de lama assusta moradores de residencial em Presidente Prudente

Publicado em: sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Muro rompe e lama invade condomínio em Álvares Machado

Estrutura cedeu por volta das 6h40 desta quarta-feira (25). Água chegou a entrar em alguns apartamentos do local.
 
Moradores do lote quatro, do Condomínio Primavera , em Álvares Machado acordaram assustados após o rompimento de um muro que cerca o local na manhã desta quarta-feira (25). Segundo a vendedora Edilucia Silvia dos Santos, que reside no apartamento 12, do bloco C, a estrutura se rompeu por volta das 6h40 enquanto ela ainda dormia e levou lama para dentro de sua residência.
 
Conforme a moradora, uma vizinha tocou a campainha de sua casa para avisar que a lama estava invadindo o condomínio e ao sair do quarto e entrar na sala, encontrou o cômodo já cheio de lama. “Na hora fiquei sem ação e levei um susto. Rapidamente a água tomou conta de toda minha casa sujando tudo”, afirmou ela.
 
A vendedora contou ainda que está preocupada com a situação do muro, pois caso ele venha a desabar por completo, teme que a sua residência seja comprometida. “Não sabemos o que pode ocorrer se essa estrutura cair. Além disso, se as chuvas continuarem a água continuará invadindo a casa, pois a lama entupiu os ralos”, disse Edilucia.
 
A moradora juntamente com outros vizinhos improvisou uma barreira para evitar que a água invada as casas. Ainda conforme ela, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), responsável pelo condomínio, foi avisada do problema e informou que enviaria um técnico ao local para verificar a situação.
 
 
 
Já a moradora Maria Batista dos Santos, de 72 anos, contou que ao perceber a invasão da lama se juntou com alguns vizinhos para empurrar a sujeira para que ela não entrasse nas residências.
 
“Nos juntamos e empurramos a água com o auxílio de rodos. Uma das nossas vizinhas se esforçou tanto na atividade que passou mal e precisou buscar atendimento médico”, afirmou ela.
 
O Corpo de Bombeiros foi acionado e compareceu ao local para analisar a situação do muro. A área foi isolada pela corporação para evitar acidentes e outros problemas.
 
“Não há risco das estruturas das casas serem atingidas, o problema será a lama que pode continuar a entrar nos imóveis. Para que acidentes próximo ao local não aconteçam optamos por isolar a área”, explicou o Cabo Aparecido Duarte.

CDHU

 
Por meio de nota a CDHU informou que na manhã desta quarta-feira, dia 25, a companhia enviou uma equipe técnica para vistoriar o local. Foi constatado que, após as chuvas, houve acúmulo de água junto ao muro de divisa do lado do terreno vizinho, causando danos na sua estrutura, o que permitiu a passagem de água para dentro do condomínio.
 
A companhia seguradora já foi acionada para abertura de sinistro. Será realizada perícia e avaliação securitária para eventual cobertura e reparo dos estragos nas áreas comuns e nos apartamentos atingidos.  A CDHU também está acionando a construtora responsável pela obra, finaliza a nota.
 

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...