O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Conta de luz

Condomínios no PE buscam alterantivas para fechar as contas

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015
WhatsApp
LinkedIn

Com energia mais cara, condomínios usam criatividade para economizar

Tarifa de energia subiu duas vezes em Pernambuco ao longo do ano.Arquitetos vêm sendo procurados para estudar soluções.
 
A conta de luz subiu duas vezes ao longo de 2015 em Pernambuco e o último mês do ano continua com a bandeira vermelha para o setor elétrico, o que significa a conta mais cara - são R$ 4,50 a cada 100 kWh consumidos. Com isso, os condomínios estão investindo em soluções para economizar e conseguir fechar as contas do ano.
 
Buscar orientação de especialistas é um caminho encontrado por alguns edifícios. Com uma visão do todo, um dos profissionais mais procurado é o arquiteto.
 
Em um prédio na Zona Sul da capital, uma solução simples ajudou a economizar luz: as paredes foram pintadas de cores claras.
 
“Piso claro, parede clara, teto claro. Com isso, vai ser um ambiente mais claro. Se você tem janela, você abre janela, entra a luz natural. É preciso observar alterações pontuais para cada ambiente”, explica a arquiteta Elka Porciúncula.
 
Uma medida que requer um investimento inicial em torno de R$ 3 mil, mas traz resultados na conta final é a instalação de sensores de presença – em um dos edifícios visitados pela reportagem, a economia foi de 24%. “Mesmo com o aumento da tarifa, a gente está pagando quase a mesma coisa do que antes. Se não tivesse feito, a conta estaria muito mais alta”, avalia a síndica Telma Torres.
 
Além dos sensores, a síndica percebeu que havia outras soluções que podiam ajudar a economizar ainda mais.
 
“A gente perfurou também um poço raso para aguar o jardim. O raso gasta menos energia porque precisa de uma bomba menos potente”, explica a síndica Telma Torres.
 
Um prédio no bairro do Espinheiro instalou equipamentos para detecção da presença, mas investiu também em um sistema para que, ao apertar o botão para chamar um elevador, vem o que estiver mais próximo, evitando que os dois sejam chamados.
 
“Com a economia, mês a mês, compensou. Além disso, a conta vem mais baixa porque se usa menos energia”, explica a síndica Olívia Rocha.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...