O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Conta de luz

Condomínios no PE buscam alterantivas para fechar as contas

Publicado em: segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Com energia mais cara, condomínios usam criatividade para economizar

Tarifa de energia subiu duas vezes em Pernambuco ao longo do ano.Arquitetos vêm sendo procurados para estudar soluções.
 
A conta de luz subiu duas vezes ao longo de 2015 em Pernambuco e o último mês do ano continua com a bandeira vermelha para o setor elétrico, o que significa a conta mais cara - são R$ 4,50 a cada 100 kWh consumidos. Com isso, os condomínios estão investindo em soluções para economizar e conseguir fechar as contas do ano.
 
Buscar orientação de especialistas é um caminho encontrado por alguns edifícios. Com uma visão do todo, um dos profissionais mais procurado é o arquiteto.
 
Em um prédio na Zona Sul da capital, uma solução simples ajudou a economizar luz: as paredes foram pintadas de cores claras.
 
“Piso claro, parede clara, teto claro. Com isso, vai ser um ambiente mais claro. Se você tem janela, você abre janela, entra a luz natural. É preciso observar alterações pontuais para cada ambiente”, explica a arquiteta Elka Porciúncula.
 
Uma medida que requer um investimento inicial em torno de R$ 3 mil, mas traz resultados na conta final é a instalação de sensores de presença – em um dos edifícios visitados pela reportagem, a economia foi de 24%. “Mesmo com o aumento da tarifa, a gente está pagando quase a mesma coisa do que antes. Se não tivesse feito, a conta estaria muito mais alta”, avalia a síndica Telma Torres.
 
Além dos sensores, a síndica percebeu que havia outras soluções que podiam ajudar a economizar ainda mais.
 
“A gente perfurou também um poço raso para aguar o jardim. O raso gasta menos energia porque precisa de uma bomba menos potente”, explica a síndica Telma Torres.
 
Um prédio no bairro do Espinheiro instalou equipamentos para detecção da presença, mas investiu também em um sistema para que, ao apertar o botão para chamar um elevador, vem o que estiver mais próximo, evitando que os dois sejam chamados.
 
“Com a economia, mês a mês, compensou. Além disso, a conta vem mais baixa porque se usa menos energia”, explica a síndica Olívia Rocha.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...