O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Crime em condomínio

Homem mata ex-mulher, por ciúme, dentro de sua unidade

Publicado em: sexta-feira, 1 de julho de 2016

Crime em condomínio foi motivado por fim de relacionamento, diz PC

Caso foi registrado nesta terça-feira (28) em uma casa em GV.Testemunhas disseram que o homem não aceitava o fim do relacionamento.

A Polícia Civil de Governador Valadares deu início nesta quarta-feira (29) a investigação envolvendo a morte de um casal que foi encontrado carbonizado dentro de uma casa, em um condomínio fechado próximo ao Bairro São Pedro, na noite desta terça-feira (28).

Segundo o delegado Gean Vítor Fanti, responsável pelo caso, o crime foi passional. O caseiro Fábio Fernandes da Silva, de 33 anos, teria matado a ex-companheira, Jaílda Lopes, de 28 anos, e, em seguida, tirado a própria vida.

Fanti afirma que Fábio trabalhava de carteira assinada na residência onde aconteceu o crime e que a ex-companheira era diarista e somente ia até o local duas vezes na semana. A residência não era usada para moradia, somente para lazer aos finais de semana. 

"Apuramos até o momento que o Fábio matou a Jaílda na segunda-feira (27) e tirou a vida dele na terça. Os dois tiveram um relacionamento de aproximadamente dois anos e ele não aceitava o fim da união. Testemunhas disseram que a vítima estava conversando com um homem pelas redes sociais e isso teria deixado Fábio enciumado", explicou.

O delegado descartou a hipótese de que a mulher teria sido esfaqueada ou esquartejada, antes de ter sido carbonizada.

"Tudo aconteceu no quintal da casa. O caseiro pegou um galão de combustível, que era usado para acender a churrasqueira, e colocou fogo no corpo da vítima. Um dia depois ele também incendiou o corpo dele. Acreditamos que ele morreu queimado e também por ter inalado a fumaça", detalhou.

A PC vai ouvir outras testemunhas até finalizar o inquérito. As imagens de câmeras de monitoramento da casa também serão analisadas pela perícia, para confirmar quem esteve no local no dia do crime.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...