O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Custos condominiais

Índice da Aabic mostra queda devido a gastos excessivos de dezembro

Publicado em: sexta-feira, 16 de maio de 2014

IPEVECON e IPEMIC registram queda em fevereiro de 2014

Diretor de Condomínio da Aabic explica o cenário e fala sobre os custos do condomínio para os próximos meses
 
IPEVECON
 
De acordo com o último Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais (IPEVECON) relativo a fevereiro de 2014, produzido pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (Aabic), é possível verificar redução em relação a janeiro. O cálculo apresenta variação acumulada de 7,53% nos últimos doze meses, enquanto o Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM) no mesmo período chegou ao percentual de aumento acumulado de 5,76%.
 
“De forma característica, no início de cada ano, os custos condominiais efetivos apresentam redução percentual significativa em razão do ônus com o 13º salário e despesas com pessoal, encargos sociais e gratificações no final do ano anterior”, explica o diretor de Condomínio da Associação, Omar Anauate.
 
Desta forma, as despesas com pessoal mantiveram o viés de queda, com retração de -6,39% que, em intensidade ainda maior, foi observada na variação das despesas de consumo de água (-12,92%) e energia (-5,37%) em função do período de férias de verão e necessidade de economia. E por diversos outros grupos de despesa, como manutenção (-9,50%) e administrativas (-6,98%), influenciando de forma direta o resultado final do IPEVECON.
 
“A partir de março, deverá se iniciar um período de maior estabilidade para os custos de condomínio, não havendo previsão de despesas extras, o que poderá contribuir para a manutenção dos valores condominiais em patamar próximo aos valores atuais”, comenta o diretor.
 
IPEMIC
 
O Índice Periódico de Mora e Inadimplência Condominial (IPEMIC), também produzido pela Aabic, registrou índice de mora no pagamento de cotas condominiais (atraso até o 30º dia) de 6,04%. Em comparação ao mesmo período de 2013 (7,03%), representou queda de -0,99% em pontos percentuais.
 
“O valor relativo à inadimplência do mês, com base em dezembro de 2013 (não pagamento do 31º ao 90º dia após o vencimento) atingiu 3,16%, refletindo queda de -0,17% em relação a dezembro de 2012 (3,33%)”, finaliza o diretor da Associação.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...