O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Depósito caro

Em Copacabana, área de condomínio está sendo vendida a R$ 300 mil

Publicado em: quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Depósito em prédio residencial de Copacabana é colocado à venda por R$ 300 mil

O metro quadrado no bairro custa R$ 11.066
 
 Quanto você pagaria para morar em Copacabana, no Rio de Janeiro? Se a ideia é pagar barato, um depósito pode ser uma opção. Isso porque, um morador  do bairro está oferecendo dois depósitos pelo valor total de R$ 300 mil. Ao todo, o local tem 300 metros quadrados, pé direito de 1,75 metro e não conta com ventilação.
 
De acordo com o diretor do Creci-RJ (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro), Laudimiro Cavalcanti, a venda não é permitida pois se o depósito estiver vinculado à um edifício, ele não pode ser vendido separadamente. “O local também não pode ser utilizado como moradia, pois deve estar especificado na planta da construção e não será possível conseguir o Habite-se [certificado de habitação da Prefeitura].”
 
O anúncio, que foi feito no site de classificados Bomnegócio, causou rebuliço. O Índice Fipe/Zap de outubro registrou que o Rio de Janeiro é a cidade com o preço de metro quadrado mais caro do Brasil, com valor de R$ 9.700, enquanto a média nacional é de R$ 7.143 por m².
 
Já metro quadrado no bairro de Copacabana está custando em torno de R$ 11.066, sendo que nos últimos 12 meses esse valor sofreu alta de 8,4%. “O preço do local não condiz com a realidade, já que uma quitinete de 27 m² na região custa R$ 350 mil. Isso significa que tem alguma coisa errada com o imóvel”, ressaltou Cavalcanti.
 
Procurado pelo InfoMoney, o proprietário do depósito se recusou a dar entrevista por conta da repercussão negativa que o anúncio causou.

Fonte: http://www.infomoney.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...