O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Desvio de energia

Concessionária de energia executa operação "caça gato"

Publicado em: terça-feira, 29 de janeiro de 2013

 Eletrobras faz operação caça-gato em condomínio de procuradora

Após denúncia do jornal Extra, Eletrobras montou a operação para inspecionar mansões no Oceanis; alvo principal é a mansão da procuradora-chefe da República em Alagoas
 
 
Com um ano de atraso, a Eletrobras tomou providências em relação às suspeitas de desvio de energia na mansão da procuradora-chefe da República em Alagoas, Niedja Gorete de Almeida Rocha Kaspary. Há mais de dois anos a chefe do Ministério Público Federal vem pagando a taxa mínima do consumo de energia em sua residência, mesmo morando em uma casa de alto padrão, no condomínio de luxo Oceanis, localizado no Sítio São Jorge, em Maceió.
 
Após a denúncia publicada no jornal Extra no último dia 17 de janeiro -  “Procuradora da República é suspeita de usar “gato” de energia em sua mansão” - várias equipes a serviço da Eletrobras, com oito veículos e uma dezena de técnicos, estiveram na sexta-feira, 18, no codomínio da procuradora-chefe da República em Alagoas. O alvo principal da inspeção foi a mansão de Niedja Kaspary. 
 
No dia 23 de janeiro de 2012 uma equipe de inspeção técnica da Eletrobras esteve no Oceanis para desenvolver um programa de exame nos equipamentos de medição das unidades consumidoras do condomínio. Os técnicos da empresa não obtiveram êxito na inspeção na residência da chefe do MPF, realizada no dia 23 de janeiro, ao contrário de outros proprietários da localidade que receberam os profissionais. Uma segunda visita ficou agendada para o dia 26 de janeiro de 2012 às 8:30h, o que só veio a ocorrer  este ano.  Os demais moradores se sentiram constrangidos, pois no intervalo de um ano já foram  realizadas duas operações caça-gato. As residências tiveram equipamentos instalados para verificar o consumo real de energia e verificar se confere com a conta. Em média os moradores do Oceanis pagam entre R$ 500 e R$ 600 de energia por mês, enquanto Niedja Kásparay consome 100 KWH mês, e paga R$ 45,00.

Fonte: http://www.extralagoas.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...