O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Espaço entre os prédios

Síndico alertou prefeitura sobre "vão" em prédio que desabou

terça-feira, 8 de maio de 2018

Síndico de prédio vizinho ao edifício que desabou alertou sobre 'vão'

Segundo Aparecido Guimarães Dias, a prefeitura não "tomou providências" após o aviso

Um síndico de um edifício vizinho ao prédio que desabou em São Paulo, na última terça-feira (1º), disse que alertou autoridades sobre a existência de um "vão" de 80 centímetros entre os dois edifícios. Aparecido Guimarães Dias, que mora no edifício Caracu, disse que imóvel ocupado estava pendendo para a Avenida Rio Branco.

"O [prédio] que desabou, já faz anos que eu venho comunicando todas as autoridades, inclusive dando entrevista em jornal, que ele ia cair. Infelizmente não queria que caísse do jeito que caiu", revelou Dias.

O síndico disse que ele comunicou aos donos e a prefeitura, mas "ninguém fez nada".

"Ninguém tomou providência nenhuma. A hora que abrir [liberarem o prédio para pegar os pertences], que eu puder subir no meu escritório, vou dar fotografia, mostrar a situação que estava isso aí. Estava descolando, ninguém deu assistência", afirmou.

De acordo com o G1, Dias disse ainda que apesar da interdição do edifício Caracu, o prédio não corre risco estrutural. No entanto, a rede elétrica está danificada e os 96 moradores precisaram tirar seus pertences do edifício neste domingo.

Fonte: www.noticiasaominuto.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...