O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Falta de estrutura

Novos condomínios de Maceió reclamam de mau cheiro e acúmulo de água

Publicado em: sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

 Moradores de condomínios do Par reclamam da falta de estrutura dos prédios

Segundo eles, vários problemas prejudicam não só a moradia como também comprometem a segurança dos prédios.
 
Os moradores de vários residenciais do Programa de Arrendamento Residencial (PAR) da Caixa Econômica Federal (CEF) em Maceió, reclamam da infraestrura dos prédios.
 
No Residencial Serraria os condôminos convivem com o mau cheiro que vem da estação de tratamento de esgoto que fica dentro do condomínio. Na parte de cima ainda tem acúmulo de água o que pode contribuir para a proliferação do mosquito da dengue.
 
Sidney Buriti mora bem ao lado da estação e diz que os condôminos já entraram em contato com a Caixa Econômica Federal para tentar resolver a situação, mas não tiveram resposta.
 
Ainda de acordo com Sidney, o esgoto está sendo jogado na rede pluvial e segundo ele, a denúncia foi apresentada para o Ministério Público Estadual (MPE) e discutida em reunião com vários órgãos.
 
"Eles afirmaram que o residencial não tem autorização para descatar o esgoto e que agora quem vai cuidar do caso é Ministério Público Federal, mas isso foi o ano passado e continuamos aqui com o mesmo problema", disse.
 
O residencial Bella Vista, no Jacintinho, também foi construído pelo PAR. As rachaduras nas paredes preocupam os moradores. "Tá arriscado cair o prédio. Quando a gente quitar e quiser vender, não vai encontrar ninguém para comprar", desabafa Rivoldo Alvi.
 
O morador disse ainda que as sisternas também estão rachadas e comprometem o abastecimento de água.
Antônio Jorge de Oliveira também mora no residencial e está incorfomado com a demora de uma obra de esgotamento. Segundo ele, a obra não termina nunca.
 
Como o PAR é financiado pela Caixa, toda reclamação vai para o Ministério Público Federal. De acordo com a Procuradora da República, Niedja Kaspary, atualmente há 15 procedimentos administrativos em andamento e duas ações civis contra o programa em Alagoas.
 
"Nós tentamos resolver administrativamente, mas infelizmente não temos obtido êxito e foram ajuizada algumas ações contra a Caixa e a construtora", disse a procuradora.
 
Para fazer uma reclamação referente ao PAR, a procuradora diz que basta ir até a sede do MPF, que fica na Av. Juca Sampaio, 1800, no Barro Duro. Ou acessar o site pral.mpf.gov.br e que reúna o máximo de provas possíveis para a denúncia ser mais consistente.
 
A CEF informou que a obra de recuperação da rede coletora de esgoto do Residencial Bella Vista, no Jacintinho, já foi reiniciada pela empresa contratada pela Caixa, por meio de licitação pública.
 
Já com relação ao residencial do PAR no bairro da Serraria, a Caixa não se posicionou sobre os problemas citados na reportagem.

Fonte: http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...