O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Incêndio em apartamento

Ninguém ficou ferido e as causas serão investigadas

quarta-feira, 29 de maio de 2019
WhatsApp
LinkedIn

Perícia vai apontar causas de incêndio em apartamento na Zona Sul de Ribeirão Preto, SP

Moradores do prédio no Jardim Irajá conseguiram sair a tempo e não ficaram feridos. Imóvel alvo das chamas permanece isolado. Demais unidades foram liberadas na noite de segunda-feira (27)

A perícia vai determinar as causas do incêndio que destruiu um apartamento, na tarde de segunda-feira (27), no Jardim Irajá, Zona Sul de Ribeirão Preto (SP). Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos três pessoas estavam no interior do imóvel no momento da ocorrência, mas elas não se feriram.

O morador de um apartamento vizinho passou mal, foi socorrido e levado até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

As chamas foram controladas por volta das 19h e as equipes realizaram o trabalho de rescaldo. O 14º andar do prédio foi isolado, mas o restante dos moradores pode voltar aos demais apartamentos ainda na noite de segunda-feira.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a princípio, as chamas não comprometeram a estrutura do prédio. O apartamento incendiado foi parcialmente destruído, uma vez que o fogo atingiu dois quartos, a sala e a varanda.

“Os moradores irão realizar os procedimentos administrativos, que é o registro de boletim de ocorrência, acionamento posteriormente do seguro e avaliação da estrutura devido aos danos que acometeram o apartamento”, disse o tenente dos bombeiros Wellington Ferreira da Silva.

Ao todo, 22 bombeiros trabalharam no combate ao fogo, que teve início por volta das 17h15, na Rua Dr. João Gomes Rocha, área nobre da cidade. As ruas no entorno do edifício foram bloqueadas e as chamas chamaram a atenção de quem passava pelo local.

A advogada Márcia Dávila voltava para casa com o filho, quando percebeu a fumaça vinda do prédio.

“Eu estava na Avenida César Vergueiro e meu filho disse que estava pegando fogo no nosso prédio. Eu não acreditei porque eu só via fumaça. Chegando próximo, a gente entrou em desespero total”, disse.

Ao perceber as chamas e sem saber a gravidade da situação, muitos moradores usaram os elevadores para descer até o térreo.

Segundo a dona de casa Cléria Santos, o alarme contra incêndio chegou a disparar, mas o alerta quase foi ignorado. Ela afirma que alguns condôminos desrespeitam as leis e fumam nas áreas comuns, o que leva ao acionamento do sistema.

“Às vezes, acontece de o alarme disparar porque o pessoal é muito negligente e costuma fumar no elevador de serviço ou no hall. Achei que fosse um alarme falso, mas a minha irmã que me ajuda com a minha filha disse ‘Cléria, parece que tem fumaça’. Aí nós saímos. Sorte que conseguimos pegar o elevador, porque notamos logo no início.”

O caso será investigado.

Fonte: g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...