O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Mercado

Idosos viúvos também podem ganhar condomínio em Maringá

Publicado em: quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Depois dos portadores de deficiência física, o vereador Aparecido Domingos Regini Zebrão (PP) quer contemplar os idosos viúvos com a construção de um condomínio em Maringá. O projeto de lei do vereador será discutido, em primeira votação, na sessão desta terça-feira (26) na Câmara Municipal de Vereadores. Pela proposta, o residencial terá área de lazer, pátio de convivência, áreas verdes e espaços destinados a hortas, com plantas medicinais, além de uma Academia da Terceira Idade.

Maringá já conta com um residencial semelhante para a terceira idade que, inclusive, serviu de molde para o projeto do condomínio dos portadores de deficiência, aprovado por unanimidade na semana passada pelos vereadores e que volta à pauta nesta terça-feira para a segunda votação. O Parque Residencial Cidade Nova foi inaugurado em setembro do ano passado e conta com 40 apartamentos que atende moradores com mais de 60 anos de baixa renda em situação de vulnerabilidade social.

Segunda votação

Outros sete projetos de lei também estão na pauta para segunda votação, entre eles o de autoria do vereador Dr. Manoel Álvares Sobrinho (PCdoB) que altera a redação da lei e estende o programa de alimentação diferenciada da rede municipal de ensino para crianças portadoras de hipertensão arterial, doença celíaca e intolerância à lactose. Atualmente, somente os alunos diabéticos são beneficiados.

Do vereador Mário Verri (PT) vai à votação o projeto que torna obrigatória a manutenção de aparelho desfibrilador externo automático e de profissional treinado em primeiros socorros em eventos que reúnam ou tenham capacidade acima de mil pessoas.

Os vereadores também voltam a analisar o projeto de Zebrão sobre a implantação de um campo de rugby oficial no município e a autorização ao Executivo para a abertura de um crédito adicional no valor de R$ 30 mil para a realização da obra.

Ainda em segunda discussão será votado o projeto dos vereadores Dr. Heine Macieira (PP), Dr. Carlos Eduardo Sabóia (PMN), Dr. Paulo Soni (PSB) e Dr. Manoel Álvares Sobrinho (PCdoB) que altera a redação da lei que autoriza o Executivo a elaborar e distribuir para a população cartilhas de prevenção do uso de drogas. A alteração prevê que as cartilhas deverão fazer parte dos kits escolares distribuídos pela administração aos alunos da rede municipal de ensino. Emenda apresentada pelo vereador Dr. Heine Macieira estabelece que as cartilhas devem ser entregues aos estudantes da quarta série.

Dos mesmos autores é a proposta de criar o programa permanente de prevenção e combate às drogas no município, outro projeto na lista de votação. Pela proposta, o Executivo deverá realizar campanhas educativas todos os meses. Entre outras iniciativas, estão a veiculação de mensagens publicitárias em todos os veículos de comunicação e a realização de palestras.

Fecham a pauta de discussão os projetos o projeto da vereadora Marly Martin Silva (DEM) denominando Epifânio Barbosa da Silva a Rua 22.028, na Zona 22, e do vereador Dr. Heine Macieira (PP) que denomina Pioneiro Sebastião Alves a Rua 48.016, situada na Zona 48.

Vetos

Em discussão única, os vereadores vão apreciar dois vetos totais do Executivo. O primeiro veta o projeto dos vereadores Humberto Henrique (PT) e Márcia Socreppa (PSDB) que cria o Portal da Educação na Internet. O segundo veta a implantação de um centro esportivo no Parque Residencial Andréa proposta por Zebrão (PP).

 

Fonte: http://maringa.odiario.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...