O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Piscina limpa

Conheça todos os procedimentos para mantê-la em ordem no verão

Publicado em: quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

 Como limpar sua piscina

Por Bebel Ferreira 
 
Manter a piscina sempre limpa, especialmente no verão, parece ser uma tarefa das mais difíceis. Mas, comprometer-se a gastar algumas horas por semana com a limpeza dela pode tornar o trabalho menos árduo. Com as ferramentas corretas, encontradas em lojas especializadas, o trabalho fica mais rápido e eficiente.
 
As redes para folhas possuem cabos longos e são utilizadas para retirar sujeiras maiores antes que afundem e atrapalhem o escoamento da água. O aspirador para piscinas completa o trabalho de filtragem, sendo que o tipo de aspirador mais comum é o manual que é conectado ao bocal do sistema de filtragem da própria piscina através de mangueiras flexíveis.
 
As escovas de náilon são recomendadas para a limpeza das paredes e do piso da piscina. Se a piscina de sua casa é de concreto, é necessária uma escova específica para retirar algas, já que suas cerdas de aço inoxidável conseguem executar a difícil limpeza das paredes de argamassa.
 
Para piscinas de azulejos, existem escovas próprias que se encaixam na mão, excelentes para remover sujeiras sem danificar ou arranhar as superfícies. Use pedra pomes para as manchas de sujeiras mais difíceis e resistentes. Os produtos de limpeza a serem utilizados devem ser específicos para a borda e para o material da sua piscina.

Bordas e sujeiras

 
Primeiramente é preciso limpar todo o entorno da piscina. Caso esteja coberta, elimine toda a água e sujeira acumuladas na lona. Depois, varra folhas e poeira sempre no sentido oposto à localização da piscina para não levar a sujeira para dentro dela.
 
Aplique algumas gotas de um produto específico para a limpeza das bordas da piscina, chamado de limpa-bordas, e friccione com uma esponja ou com um esfregão de cerdas firmes. Existem no mercado limpa-bordas menos agressivos, biodegradáveis, que não estragam azulejos e podem ser manuseado sem luvas. Não use palha de aço ou esponjas abrasivas em piscinas de azulejos, já que podem arranhar e estragar as superfícies.
 
Depois disso, esvazie o depósito do filtro e limpe-o para evitar entupimento. Também verifique se o conjunto de filtragem da piscina da sua casa está funcionando corretamente. Manter os filtros limpos faz com que o sistema de sucção seja mais eficiente e a piscina mais limpa.
 
Pelo menos uma vez na semana remova folhas e qualquer coisa que possa obstruir o fluxo da água, especialmente se seu aspirador for conectado ao mecanismo de filtragem. Os filtros normalmente estão localizados no fundo da piscina. Em piscinas acima do solo, costumam localizar-se nas laterais.
 
Com uma rede para folhas, limpe a superfície da água. Em piscinas de azulejo, ao notar que há sujeira acumulada na linha da água, jogue um pouco de produto apropriado para a limpeza de azulejos em todo o comprimento da piscina enquanto passa a rede para folhas. Isso facilita o trabalho posterior de esfregação.
 

Retirando manchas e resíduos

 
Escovar as paredes da piscina pelo menos uma vez por semana ajuda a eliminar depósitos de cálcio e algas antes que eles comecem a criar manchas. Você pode usar escovas mais duras em piscinas de concreto armado e mais macias em piscinas de fibra de vidro e pisos emborrachados. Para azulejos, não use nada abrasivo para não arranhar a superfície.
 
Depois de recolher a sujeira que estava na superfície da água, despeje um pouco mais de produto para a limpeza das paredes e piso, esfregando-os bem. Caso existam manchas no azulejo, esfregue cuidadosamente com pedra pomes, mas atenção para não arranhar os azulejos. A pedra pomes é um material eficiente na remoção de manchas de algas em azulejos. Esfregue também as escadas, utilizando produtos apropriados e esponjas macias ao invés de esponjas de aço.
 
O aspirador retira do fundo da piscina todos os detritos que ali caíram durante a escovação das paredes. Aspirar toda semana ajuda a manter a água limpa e reduz a necessidade de adicionar produtos químicos para mantê-la saudável.
 

Controle do pH

 
Muitas vezes quando saem da piscina com os olhos vermelhos e irritação na pele as pessoas reclamam sobre a quantidade de cloro na água, mas na verdade esses são fatores que indicam que o PH da piscina está desajustado. Para medir o PH basta adquirir fitas de teste em casas de produtos para piscina. A fita é descartável e indica a medição através de uma escala de cores.
 
Fábio Forlenza, técnico responsável da empresa HTH, especialista em tratamento de água de piscina, explica que o PH sofre influencia da chuva, da temperatura da própria água e de cargas orgânicas que os usuários deixam na piscina. Geralmente, segundo ele, o potencial de hidrogênio fica entre 6.8 e 7.6, enquanto a numeração ideal é em torno de 7.0 a 7.4. Outro fator que altera o PH é a alcalinidade da água, que deve ser medida uma vez por mês também por meio de uma fita de medição.
 
Para piscinas usadas diariamente, Fábio recomenda que o PH seja verificado todos os dias. Se o uso ocorre normalmente somente aos fins de semana, fazer a medição uma vez por semana é suficiente. Caso a coloração da fita indique PH abaixo de 7.0, você deve aplicar produtos químicos elevadores de PH na água, conhecidos como carbonatos. Se a medição revelar potencial de hidrogênio acima de 7.4, será necessário somar ácido clorídrico comprado em lojas especializadas, que é uma substância redutora de PH.
 
O cloro funciona como desinfetante para a água da piscina, por isso sua aplicação é indispensável. Ele só deve ser aplicado após o processo de regulação do PH, pois se o potencial de hidrogênio estiver desajustado vai impedir que o cloro desinfete a água. Siga as instruções do fabricante do cloro de sua preferência. O nível de Cloro da água deve estar entre 1,0 e 3,0 ppm. Em geral, cerca de quatro gramas cloro granulado são suficientes para cada 1000 litros de água.
 
Como a luz do sol decompõe o cloro, faça a correção durante a noite. Em piscinas de fibra de vidro ou emborrachadas, o cloro deve ser dissolvido separadamente ao invés de ser espalhado diretamente sobre a água da piscina. Para poder utilizar a piscina, recomenda-se esperar pelo menos uma hora após a aplicação.

Fonte: http://bbel.uol.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...