O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
José Elias de Godoy

Pulando o muro

Condomínios paulistas são assaltados de todas as formas possíveis

* por José Elias de Godoy

Mais uma vez a imprensa paulista noticiou uma invasão e roubo em condomínio na cidade de Mogi das Cruzes/SP. O fato se deu num condomínio no bairro Cidade Parquelândia próximo da Rodovia Mogi-Dutra, sendo veiculado da seguinte forma:

Jovem é suspeito de invadir casa em condomínio de Mogi - Cabeleireira afirma que ele pulou muro da casa de sua filha. Segurança encontrou rapaz em imóvel em construção. Um jovem é suspeito de invadir uma casa em um condomínio em Mogi das Cruzes. Os seguranças do empreendimento, que fica no bairro Cidade Parquelândia próximo da Rodovia Mogi-Dutra, encontraram o rapaz de 19 anos na tarde de domingo (24) depois de uma denúncia. Fonte: http://g1.globo.com/, de 26/05/2015.

Com isto se percebe a fragilidade em que se encontram os condomínios e a ousadia dos ladrões em invadirem locais, teoricamente seguros, e ainda escalarem seus muros para assaltarem condôminos dentro de suas próprias residências.

Este tipo de modus operandi demonstra que os meliantes  estão burlando os sistemas de segurança implantados e se aproveitando das falhas percebidas facilmente nos condomínios residenciais.

Para tanto faz-se necessário observar os pontos críticos e vulneráveis do condomínio a fim de sanar suas deficiências, aumentando assim seu grau de proteção. Por isso mesmo é que há a necessidade de se manter barreiras físicas compatíveis com a realidade do condomínio, complementados por equipamentos eletrônicos e por regras de procedimentos para moradores e funcionários.

Com a instalação de equipamentos eletrônicos de segurança, para se estabelecer uma barreira perimetral, pretende-se detectar a intrusão ou evasão de qualquer indivíduo pela área perimetral no menor intervalo de tempo possível e com a intenção de evitar a invasão do patrimônio.

Para tanto faz-se necessário que tais equipamentos estejam ligados e em perfeito funcionamento a fim de não ser surpreendido por ações delituosas deste estilo.

Os gestores dos condomínios devem estar atentos para que a manutenção dos equipamentos não tenham falhas, quer seja a preventiva ou mesmo a corretiva, tudo para que funcionem corretamente e de forma que não causem surpresas no momento de necessidade e urgência.  

Porém o sistema de segurança somente será eficiente se houver a Integração entre todos os interessados bem como a  participação dos funcionários que devem ser treinados, orientados  e monitorados de perto, a fim de que se tenha uma maior qualificação e valorização, buscando-se uma Proteção mais eficaz.

(*)Consultor de Segurança em Condomínios pela SUAT e autor dos livros "MANUAL DE SEGURANÇA EM CONDOMÍNIOS" e “TÉCNICAS DE SEGURANÇA EM CONDOMÍNIOS”. Maiores informações elias@suat.com.br.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...