O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Queda

Limitador de abertura poderia evitar morte de menina

Publicado em: segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Limitador de abertura de janelas poderia evitar morte de criança em prédio

A morte de uma menina, de quatro anos, que caiu do 20º andar de um prédio na Vila Constância, região do Campo Grande, na Zona Sul de São Paulo, fez com que a discussão sobre segurança em apartamentos aumentasse.

Para o especialista em condomínio do SPTV, Márcio Rachkorsky, limitadores de abertura de janela e redes de proteção são fundamentais e evitam acidentes.

“É bom que as pessoas coloquem as redes nas janelas, e para as janelas menorzinhas, de banheiro e de cozinha, tem um limitador de abertura que custa superbaratinho, o serralheiro coloca e você não precisa nem colocar rede”, explica o consultor.

O limitador de abertura de janelas basculantes é uma peça que liga o gancho da vidraça até a parede, de modo a diminuir a fresta.

No caso da menina que caiu nesta segunda-feira (26), o apartamento tinha redes de proteção nas janelas do quarto e da sala, mas não no banheiro.

A criança brincava no banheiro enquanto a mãe tinha descido para a portaria do edifício, segundo informações do boletim de ocorrência.

A polícia trabalha com a possibilidade de ter sido um acidente.

"A disposição da bacia com caixa acoplada e pia formava uma verdadeira escada", disse o delegado Pedro Luís Souza em entrevista à GloboNews.

Segundo informações do Ministério da Saúde, em 2014, 31 crianças de até 14 anos morreram no Brasil por quedas de edíficios.

Deste total, nove foram registradas no estado de São Paulo. Os registros de 2015 e 2016 ainda não foram divulgados.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...