O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu
Inadimplência

Represália de proprietário

Inquilino inadimplente teve apartamento invadido

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019
WhatsApp
LinkedIn

Após atrasar aluguel, morador acusa dono de imóvel de invadir e roubar apartamento em Fortaleza

Locatário registrou boletim de ocorrência sobre o caso e alegou que não realizou o pagamento por falta de reparos no imóvel. Proprietário do local negou as acusações.

Um motorista de aplicativo relata que teve o carro danificado e o apartamento onde mora de aluguel invadido pelo dono do imóvel, além de sofrer agressões na manhã deste domingo (1º), no Bairro Planalto Ayrton Senna, em Fortaleza. Segundo o motorista, o motivo teria sido a dívida de R$ 1400 devido ao atraso de dois meses no pagamento do aluguel. Em uma semana, esta é a segunda vez que o local é invadido, segundo o morador. Na primeira invasão ocorrida, no último domingo, teriam sido levados um televisor e cerca de R$ 1.500 em espécie.

Ainda segundo o locatário, o valor do aluguel não foi repassado para o dono porque não foram feitas reformas solicitadas pelo morador. Ele estava retendo o dinheiro do pagamento até que as obras de reparo fossem concluídas, o que até então não tinha sido feito. O contrato de aluguel está em vigor até maio de 2020.

O G1 entrou em contato com o proprietário do apartamento, que nega as acusações de agressão, invasão e roubo de objetos e valores. Ainda segundo ele, o inquilino está há meses sem pagar aluguel. Ele também rebateu as acusações de falta de manutenção no imóvel. Disse que além deste, é dono de outros dois apartamentos no prédio e que sempre vai ao local para resolver os problemas dos seus inquilinos.

Boletim de ocorrência

O locatário registrou um boletim de ocorrência no 30º Distrito Policial. No registro, ele relata que tinha saído com a esposa na manhã de hoje e horas depois recebeu a ligação do porteiro informando que o seu apartamento teria sido invadido pelo proprietário e mais quatro homens. Ao voltar para o imóvel, encontrou um homem na porta e outro três dentro do local, revirando gavetas, recolhendo objetos e quebrando alguns móveis.

No relato, o morador diz ainda que ao ordenar que o grupo saísse do apartamento, foi derrubado no chão e começou a receber socos e pontapés. Além disso, teve o carro, que trabalha como motorista de aplicativo, danificado com marteladas. Vidros foram quebrados e a lataria amassada. Antes de deixar o condomínio, o proprietário teria ainda ameaçado o inquilino apontando uma arma de fogo para ele.

Apesar do boletim de ocorrência ter sido registrado no 30º Distrito Policial, que é plantonista, o caso será investigado pelo 8º DP, responsável pela área onde aconteceu o fato.

Fonte: https://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...