O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Finanças

Teste: seu condomínio é econômico?

Responda às perguntas e descubra

Por Mariana Ribeiro Desimone - 06/12/10 01:19
Atualizado há 4 meses por Mariana Ribeiro Desimone
Responda às perguntas e descubra

Manter o orçamento do condomínio em ordem não é uma tarefa fácil. Detectar onde o dinheiro está sendo gasto de maneira errada, menos ainda.

Para localizar, acabar com o desperdício de dinheiro e manter o caixa sempre em ordem, vale a pena prestar atenção em alguns fatores que sempre comprometem o lado financeiro da administração.

Para que você consiga detectar as áreas onde pode economizar e quais as principais medidas para isso, o SindicoNet conversou com especialistas em gestão condominal e preparou um teste e sugestões de economia.

1) FOLHA DE PAGAMENTO (50 a 60% do total das despesas)

A folha de pagamento é a maior despesa de um condomínio. Sozinha, ela pode consumir até 60% do orçamento. O grande problema, neste caso, são as horas extras, que normalmente surgem em excesso por causa de uma escala de funcionários mal feita.

(  ) Temos uma boa escala de funcionários, tanto que é muito raro que algum faça hora extra - $$$$$

(  ) A escala de funcionários do condomínio tem poucas horas extras - $$$

(  ) A escala de funcionários do condomínio exige muitas horas extras

Sugestões de economia:

  • Não deixe de se preocupar com uma boa escala de horários só porque os funcionários são terceirizados.
  • Exija da empresa uma escala que minimize-as.Veja como elaborar uma boa escala de funcionários evitando horas extras

CONSUMO DE ÁGUA (12 a 20%)

O consumo de água nos condomínios é considerado a segunda maior despesa, chegando a 20% do orçamento. Dois fatores merecem atenção especial em prédios mais antigos: os hidrômetros e a checagem de vazamentos. Já nos condomínios mais novos, o reuso da água da chuva é uma boa solução para economizar.

2) ÁGUA/ HIDRÔMETROS INDIVIDUAIS

A instalação de hidrômetros individuais é um investimento relativamente caro, mas que tem retorno rápido e logo o resultado já está na conta de água. Há casos de uma economia de até 40%.

(  ) Temos hidrômetros individuais no condomínio - $$$$$

(  ) Os hidrômetros individuais estão em fase de implantação - $$

(  ) Não temos hidrômetros individuais no condomínio 

3) ÁGUA/ CHECAGEM PERIÓDICA DE VAZAMENTOS

Em condomínios mais antigos principalmente, é importante que essa seja uma medida de rotina, já que, se a descarga ou caixa acoplada de apenas um apartamento estiver com vazamentos, a conta de água aumentará.

(  ) A checagem periódica é feita regularmente por uma empresa contratada ou pelo zelador - $$$

(  ) Fazemos, mas não constantemente - $$

(  ) Nunca fizemos checagem de vazamentos

Sugestões de economia:

4) ÁGUA/ USO CONSCIENTE

A conscientização dos funcionários e condôminos, e a captação e o reuso da água da chuva para a limpeza das áreas comuns em condomínios mais novos são medidas que também contribuem para a redução dos gastos.

Se necessário, selecione mais de uma alternativa

(  ) Captamos e reutilizamos a água da chuva para limpeza $$$

(  ) Orientamos e conscientizamos nossos funcionários e condôminos $$

(  ) Não adotamos nenhuma das alternativas acima

Sugestões de economia:

5) CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA (5 a 10%)

A conta da energia elétrica de um condomínio depende de algumas escolhas do síndico, como o tipo de lâmpada ideal para cada ambiente e ainda a instalação de minuterias ou sensores de presença. Nesse caso, a conscientização dos moradores e funcionários também é um fator importante.

Se necessário, selecione mais de uma alternativa

(  ) Temos minuterias e/ou sensores de presença - $$

(  ) Conscientizamos moradores e funcionários - $

(  ) Nos preocupamos com a escolha certa das lâmpadas - $$

(  ) Não adotamos nenhuma das alternativas acima

Sugestões de economia:

6) ENERGIA/ELEVADORES

Alguns erros corriqueiros geram um gasto desnecessário de energia e manutenção com os elevadores. Para se ter uma idéia, cerca de 40% da energia gasta pelo elevador deve-se a partida do motor que acontece toda vez que ele é acionado, ou seja, a chamada dupla é uma grande vilã.

A iluminação da cabina também merece atenção. Se acesa 24 horas por dia, é responsável por cerca de 50% da energia consumida, dependendo do uso dos elevadores. Em prédios de baixo uso, é extremamente util instalar um sistema de sensor de presença.

Em relação à manutenção, o contrato firmado com a empresa deve ser compátivel com a realidade do equipamento. Geralmente, equipamentos novos não requerem contratos com reposição de peças inclusa. Se necessário, selecione mais de uma alternativa

(  ) A manutenção preventiva dos elevadores é feita periodicamente por uma empresa especializada - $

(  ) O contrato de manutenção preventiva é compatível com o estado do equipamento - $

(  ) Nossas cabinas possuem iluminação controlada por sensores de presença - $

(  ) Os elevadores do condomínio são mais modernos (ou passaram por processo de modernização recentemente) e possuem sistemas de economia - $$

(  ) Não tomamos medidas de economia com os elevadores

Sugestões de economia:

7) - INADIMPLÊNCIA (6 a 10%)

A inadimplência, se controlada, pode ser facilmente administrada, mas, apontam os especialistas, se ultrapassa uma média de 8% do orçamento, pode começar a ser prejudicial, e levar o condomínio a situações muito complicadas. Se necessário, selecione mais de uma alternativa

(  ) Temos controle total dos pagamentos e devedores. - $

(  ) Realizamos assembleias e fazemos um trabalho de conscientização dos moradores - $

(  ) Procuramos ter agilidade e rigor na cobrança e, se necessário, na intervenção judicial ou protesto - $$

(  ) O condomínio não controla a inadimplência com rigor

Sugestões de economia:

  • O monitoramento deve ser constante, assim como a conscientização dos moradores
  • As cobranças não devem ser muito tardias. Alguns condomínios esperam até mais de um ano para acionar o devedor na justiça. O acúmulo das parcelas gera um alto valor e dificulta o pagamento.  O ideal é acionar o condômino no terceiro mês de inadimplência.
  • Veja mais dicas de como combater a inadimplência

8) - MATERIAL DE LIMPEZA (5 a 10%)

O principal problema na utilização dos produtos de limpeza está no desperdício e no uso errado de alguns deles. Nesse caso, a ação de economia deve acontecer junto com a conscientização dos funcionários.

Se necessário, selecione mais de uma alternativa

(  ) Orientamos os funcionários para a utilização adequada de produtos específicos e mais caros - $

(  ) Mantemos um trabalho constante de conscientização dos funcionários para medidas de economia - $

(  ) Controlamos o uso dos materiais mantendo um estoque mínimo - $

(  ) Não há controle dos materiais de limpeza

Sugestões de economia:

______________________________________________

RESULTADO DO TESTE

- de 25 a 35 $'s: Parabéns! Seu condomínio está fazendo a "lição de casa". Se a sua pontuação ainda não foi a máxima, de 35, verifique em quais questões você não pontuou para focar em ações que permitam seu condomínio atingi-la. 

- de 19 a 24 $'s: Muito bom! Seu condomínio é econômico, mas ainda pode melhorar. Faça um levantamento dos itens em que não pontuou e avalie a possibilidade de se investir em melhorias que possam trazer ainda mais economia.

- De 01 a 18 $'s: Cuidado! Seu condomínio pode estar sobre-carregado de despesas excessivas e/ou desperdícios. Vale a pena fazer um levantamento detalhado dos pontos não obitidos no teste, definir prioridades para cada item e traçar metas que visem enxugar os custos do condomínio.

TESTE ONLINE

- Clique aqui para fazer o teste online com cálculo automático do resultado

Fontes consultadas: Luiz Antonio Rodrigues, consultor empresarial e de condomínios; Rodrigo Matias, diretor da Matias Imóveis e administrador de condomínios; Boris Risnic, Consultor de Segurança em Elevadores Otis Ltda.; Marcelo Duarte - Membro da vice presidência do Secovi SP

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...