O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Agressão filmada

Porteiro e seu pai e moradores de condomínio são agredidos pela PM

Publicado em: quinta-feira, 24 de outubro de 2013
Agressão filmada

Moradores registram em vídeo ação da PM com soco e chute em porteiro

Filmagens postadas em site mostram homem agredido em Campinas (SP). Polícia diz que investigará imagens e o acusa de porte ilegal de arma.
 
A Polícia Militar (PM) abriu uma investigação interna para apurar a acusação de abuso de poder praticado por policiais contra moradores do Condomínio Residencial Arlete Cardoso Lins, no DIC 1, em Campinas (SP). Vídeos postados na internet mostram o porteiro Aníbal Fabiano Gimenez, de 37 anos, sendo abordado por um militar da Rocam com socos e chutes na cabeça. Gimenez era suspeito de portar munição de arma de fogo de uso restrito, foi detido, mas a Polícia Civil o liberou.
 
Nas filmagens postadas no sábado (12), dois dias após o ocorrido, é possível ver o porteiro sendo derrubado no chão e, na sequência, um dos policiais segura com os pés a cabeça de Gimenez contra o piso. Os militares apontam a arma para vários moradores e um idoso é agredido. Em um dos vídeos, os PMs também  atiram bombas de efeito moral contra as testemunhas, apesar da presença de crianças no local.
 
Em nota encaminhada pelo Comando Policial do Interior-2 (CPI-2), a Polícia MIlitar afirma que teve conhecimento dos vídeos nesta segunda-feira (21) e abriu uma Investigação Preliminar, para analisar o as cenas e apurar os fatos.
 
Ocorrência
 
Segundo a PM,  os policiais da Rocam faziam um patrulhamento pela região na ultima quinta-feira (10), quando identificaram como suspeita a atitude de Aníbal Fabiano Gimenez e mais dois homens.  Durante a abordagem, dois dos suspeitos fugiram e o porteiro foi pego e revistado. Segundo o CPI-2, com Aníbal, foram encontradas quatro munições de arma calibre 40 e, ainda segundo a polícia, durante a revista o porteiro agrediu um dos policiais com um golpe no rosto.
 
Gimenez rebate a versão e diz que lavava o carro em frente a sua casa quando os policiais o abordaram e pediram para ele colocar a mão na cabeça. O porteiro afirma que ficou nervoso e falou que não iria obedecer porque ele era morador do local. “Foi quando os PMs começaram a agir de forma mais violenta mandando eu obedecer e me xingando”, comenta Gimenez.
 
O porteiro confirma que bateu no rosto de um policial após seu pai de 68 anos ser empurrado com violência por ele. Gimenez alega que as munições que constam no boletim não pertencem a ele. Os vídeos publicados na internet mostram parte da suposta agressão contra o idoso.
 
Confusão
 
Nos vídeos postados no site é possível ver a revolta dos moradores do Condomínio Residencial Arlete Cardoso Lins com a abordagem dos policiais. Segundo a Polícia Militar, no momento da ocorrência, algumas pessoas começaram a lançar pedras contra a viatura que prestava apoio no local e outros residentes do condomínio derrubaram as motos dos policiais.
 
Uma moradora do residencial também foi detida por tacar pedras contra viatura e levada para o 1º Distrito Policial (DP) de Campinas junto com Aníbal Fabiano Gimenez. Os dois prestaram depoimento e foram liberados no mesmo dia.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...