O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Assembleias

Cancelamento de Assembleia

É possível cancelar uma assembleia se houve irregularidades em sua convocação, por exemplo

 

 
É possível cancelar decisões tomadas em assembleias?
 
É possível, desde que haja algo de irregular na assembleia ou em sua convocação. Confira abaixo duas  assembleias canceladas nos tribunais
 
 
 Conflito negativo de competência. Ações envolvendo a administração de condomínio, objetivando prestação de contas e anulação de assembleia em que teria se dado irregular reeleição da ex-síndica e respectiva prestação de contas. 2. O fato fundamental, em ambos os processos, é a nulidade da assembleia, daí que flagrante a co-nexão e aconselhável a reunião dos processos, para julgamento conjunto, a fim de evitar decisões conflitantes. 3. A indagação sobre o objeto ou a causa de pedir (CPC, 103), deve ser entendida em termos, não se exigindo a perfeita identidade, senão que haja um liame que os faça passíveis de decisão unificada. 4. Conflito improcedente, declarada a competência do Juízo Suscitante.(TJ/RJ – 02/02/2011)
 
Ação anulatória de assembleia por vício na convocação.  Falta de cumprimento das disposições convencionais que determinam a entrega de carta aos moradores, não suprindo a mera fixação do edital em lugar comum. Nulidade absoluta. O interesse comum autoriza que qualquer um dos condôminos venha a suscitar o vício, porque restou incontroversa a redução do direito de participação e de integração de todos os interessados, ante a falta de ciência inequívoca, nos moldes em que determina a convenção. Alegação em contrarrazões de litigância de má-fé. Inexistência. Mero exercício regular do direito de recorrer. Sentença que julgou procedente a ação, devidamente fundamentada. Apelante não inovou o que já havia sido exposto nos autos e rebatido na sentença. Motivação da sentença adotada como fundamentação do julgamento em segundo grau. Adoção do art. 252 do RITJ. Sentença mantida. Recurso improvido. (TJ/SP – 10/03/2011)

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...