O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Gás natural

Secoovi-PB destaca a segurança ao optar pelo gás encanado

Publicado em: segunda-feira, 30 de novembro de 2015

PBGás mostra como reduzir custos operacionais dos edifícios

As vantagens e utilidades do gás natural em edifícios residenciais foram apresentadas pelo engenheiro e gerente de Mercado Residencial e Comercial da PBGás, Renato Vilarim, em palestra na tarde desta sexta-feira (27), durante o Encontro de Síndicos 2015, promovido pela Revista Condomínio, com apoio do Sindicato das Habitações (Secovi-PB) e da Companhia Paraibana de Gás (PBGás).
 
De acordo com Renato Vilarim, estudos demonstram que o gás natural pode reduzir os custos operacionais em edifícios, como a energia elétrica, quando utilizado para aquecimento ou resfriamento de água ou climatização.
 
 De acordo com Renato, aparelhos a gás para aquecimento de água, seja por aquecedores de passagem ou por acumulação (boyler), substituem a utilização do chuveiro elétrico, que representa 26% do consumo de energia no horário de ponta.
 
Renato ressaltou que a PBGás chega neste mês de dezembro a 10 mil clientes residenciais e comerciais e a 259 edifícios interligados ao gás natural pelas inúmeras vantagens como a comodidade por dispensar armazenamento de botijões e reabastecimento por caminhões, já que o fornecimento é contínuo, a segurança por ser mais leve que o ar e também por apresentar preços competitivos com outros combustíveis.
 
O presidente do Sindicato das Habitações (Secovi-PB) e administrador de condomínio, Inaldo Dantas, afirmou que síndicos, administradores de condomínios e moradores só têm a ganhar com o gás natural pela sua comodidade de não precisar de reabastecimento por caminhões, por dispensar estoque de botijões e oferecer mais espaço e pelo custo benefício.
 
“Desde que o primeiro edifício foi ligado em 2008, nenhum deles deixou de utilizá-lo ou voltou a utilizar outro combustível. Essa é a prova da eficiência do produto e dos serviços da PBGás”, destacou Inaldo.
O síndico profissional Luiz Carlos Ferreira disse que administra dois condomínios que fazem o uso de gás natural e destaca que o primeiro impacto positivo foi com relação à redução do custo se comparado ao GLP.
 
Ele também destacou a segurança, já que com o gás natural não é necessário estocagem e nem reabastecimento por caminhão, o que deixa todos os moradores mais tranquilos.
 

Fonte: http://www.paraiba.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...