O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Espaço SECOVI

Inadimplência em SP

Número de ações do tipo caiu em abril, de acordo com Secovi

Publicado em: terça-feira, 30 de maio de 2017

Inadimplência em condomínio cai em abril

O volume de ações de cobrança por falta de pagamento da taxa de condomínio apresentou retração na capital paulista no mês de abril, conforme apurou o Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), em levantamento realizado junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

No quarto mês do ano, foram ajuizadas 1.147 ações judiciais, 2,5% a menos que as 1.177 protocoladas em março.

O vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios da entidade, Hubert Gebara, atribui a redução à diminuição dos dias úteis em abril, mês que houve três feriados prolongados. De qualquer forma, ele reitera a importância dos acordos amigáveis, aconselhando a cobrança logo no primeiro mês de atraso, antes que a dívida aumente e o inadimplente não consiga mais pagar.

"Se for necessário, o condomínio pode dividir o valor em parcelas que caibam no bolso do devedor. Esgotadas as tentativas de negociação amigável, o condomínio deve adotar medidas mais enérgicas", orienta.

Gebara chama a atenção para o Código de Processo Civil (Lei 13.105/2015), em vigor há uma ano.

"Por considerar o débito de condomínio como um título extrajudicial, o CPC possibilita a sua execução direta, sem necessidade da ação de conhecimento, agilizando o processo, o que causa mais preocupação ao inadimplente e pode ser um fator a contribuir para a pontualidade nos pagamentos", opina.

Comparado ao volume registrado no mesmo mês do ano anterior (110 processos), houve aumento de 942,7%.

A alta também foi verificada no acumulado do primeiro quadrimestre deste ano. De janeiro a abril, o total de 3.283 ações superou em 98,4% os 1.655 casos registrados nos primeiros quatro meses de 2016, reflexo direto da situação econômica do País, afirma Hubert Gebara.

 

 

 

 

Fonte: http://www.investimentosenoticias.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...