O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Morte em condomínio

Garoto de 12 se acidenta na quadra, passa mal e morre

Publicado em: sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Garoto morre após acidente em quadra de condomínio

Um menino de 12 anos morreu anteontem à noite, em Americana, após um acidente na quadra do condomínio onde morava, no bairro Conserva. Nicholas Bittar Soares estava brincando com amigos de pique-bandeira (jogo em que o objetivo é atravessar o campo adversário e capturar a bandeira sem ser pego). Após esbarrar em uma das crianças, ele bateu o pescoço numa argola da haste que sustenta a rede de vôlei e ficou sem ar (a rede não estava montada no momento).

Após o acidente, ele correu em direção à avó. Antes de chegar até ela, contudo, Nicholas desmaiou e foi socorrido pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros. Ele foi levado ao Hospital São Lucas, onde a mãe, a enfermeira Daniela Bittar, estava de plantão, mas não resistiu. A causa da morte foi apontada como edema pulmonar grave.

Segundo testemunhas, por volta das 20h30, Nicholas e o irmão, de 5 anos, estavam brincando com outras crianças na quadra de esportes do condomínio em que mora, na Avenida Abdo Najar. A poucos metros do local, a avó, Maria Cristinade Oliveira, 56, observava os garotos brincarem. Ela cuidava dos dois naquele dia.

"Ele estava brincando. Todos estavam correndo e ele esbarrou numa outra criança, perdeu o equilíbrio e bateu a traqueia na argola inferior da haste da rede de vôlei. Aí ele começou a sentir falta de ar e correu para a avó", disse o avô de Nicholas, Sálvio Brochi, 67.

Diante do ocorrido, segundo o zelador do condomínio, Aparecido Ferreira Neves, as outras crianças pediram para o menino "levantar os braços" por conta da falta de ar e ele saiu correndo em direção à avó para pedir ajuda, mas desmaiou e caiu antes de chegar até ela, batendo o queixo e a cabeça no chão. "Ele correu até a avó para pedir ajuda porque estava sem fôlego, mas não conseguiu chegar até ela. As crianças ficaram em choque", contou Neves.

Bastante abalada, Maria contou que viu toda a cena, mas não deu tempo de segurar o neto. "Ele bateu o pescoço e perdeu o ar. Não deu tempo de segurá-lo", disse. De acordo com testemunhas, a avó entrou em desespero, pediu ajuda e os vizinhos chamaram o resgate do Corpo de Bombeiros. Nicholas, segundo o zelador, recebeu o primeiro atendimento de uma enfermeira que mora no local e tentou, sem sucesso, reanimá-lo.

RESGATE

Segundo Samuel de Andrade, tenente do Corpo de Bombeiros, a corporação recebeu o chamado às 20h50 e imediatamente enviou uma viatura com três bombeiros. "Levamos cerca de três minutos, após o chamado, para chegar no local, que é relativamente próximo à sede da corporação. Quando os três bombeiros chegaram no condomínio encontraram o menino no chão com parada cardíaca. Eles realizaram a RCP (Ressuscitação Cardio Pulmonar) e colocaram o DEA (Desfibrilador Externo Automático), que não indicou o choque, pois o coração estava parado. Ele foi, então, levado ao pronto-socorro do Hospital São Lucas", explicou o tenente. Nicholas é sobrinho de Thiago Brochi (PSDB), suplente de vereador e secretário adjunto de Saúde de Americana.

O enterro foi realizado ontem à tarde, no Cemitério Parque Gramado.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...