O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Novo prédio

Terreno que abrigava várias árvores terá quatro torres em São Bernardo

Publicado em: terça-feira, 19 de junho de 2012

 Retirada de árvores divide os moradores na Vila Olga

Os moradores da Rua Pedro Henry, na Vila Olga, em São Bernardo, despertaram ontem com o som de motosserras. Cerca de 20 árvores, 13 de grande porte, foram retiradas de um terreno por uma construtora, que erguerá no local quatro torres de apartamentos. Ao lado dos prédios, em parte da área, passará interligação do Viaduto João Café Filho, no Km 22,5 da Via Anchieta, com a Rua Pedro Setti, que dá acesso à Avenida Brigadeiro Faria Lima.
 
Alguns dos vizinhos estavam indignados.
 
"É um crime ambiental. É certo tirar árvores assim?", reclamou o vendedor Antonio Carlos Carli, 67 anos. Para o aposentado Osvaldo Francisco Vieira, 66, vai ficar ainda mais difícil respirar. "O ar já é tão poluído que qualquer árvore que se tira faz a diferença."
 
Por outro lado, os habitantes do prédio em frente ao terreno comemoravam a retirada da vegetação. Segundo a esteticista Dorotilde Dias, 56, não é de agora que os moradores pedem à Prefeitura para notificar o proprietário do terreno para que faça o corte do matagal e pode as árvores. "A paisagem é bonita, mas a noite isso daqui vira um motel a céu aberto." Dorotilde se refere aos travestis e usuários de drogas que se aproveitam do terreno para promover atividades ilícitas.
 
É possível observar descartados nas calçadas embalagens e preservativos usados. "Dá medo de entrar em casa, a prostituição se tornou um problema social por aqui", reclamou a metalúrgica Jaira Gundim, 54.
 
Para a aposentada Luzia André da Cruz, 62, é "uma pena" que tenham de tirar as árvores. "Mas se resolver o nosso problema de segurança, vou ficar feliz." 
 

COMPENSAÇÃO

 
Segundo a incorporadora responsável pelo empreendimento e também a Prefeitura, todas as licenças e autorizações ambientais estão em dia. A compensação ambiental será realizada pela Prefeitura no mesmo local do terreno, e pela incorporadora em área a ser determinada pela administração.
 
Ainda segundo a Prefeitura, a ligação entre o viaduto e a Rua Pedro Setti faz parte do Programa de Transporte Urbano da Secretaria de Transportes e Vias Públicas, que envolve diversas obras na cidade, inclusive o rebaixamento da Avenida Lions.

Fonte: http://www.dgabc.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...