O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Sem luz

Condomínio novo em Itu está sem ligação de energia adequada há meses

Publicado em: segunda-feira, 18 de novembro de 2013
Condomínio novo em Itu está sem ligação de energia adequada

Moradores de condomínio em Itu estão há meses sem ligação elétrica

Desde agosto, 80 famílias moram no condomínio.  Construtora informou que vai regularizar ligações na semana que vem.
 
A casa própria, um desejo de muita gente e difícil de ser realizado tornou-se um martírio para moradores de um condomínio de Itu (SP). Desde que se mudaram, enfrentam problemas com a energia elétrica.
 
As 80 famílias que moram no condomínio desde agosto estão preocupadas porque até agora os apartamentos estão sem energia elétrica. "Eles entregaram com a energia que estava ligada na época do canteiro de obras e à medida que as pessoas foram se mudando o consumo foi aumentando e as quedas de energia se tornaram constantes. Os moradores que tiveram que solicitar os relógios individuais, porém, na concessionária de energia eles informam que o condomínio não tem rede elétrica adequada que atenda todas as solicitações e especificações que são necessárias para fazer as ligações", conta a jornalista Mariane Belasco.
 
Na parte da frente, perto da área de lazer, a fiação de um dos postes está solta. Segundo os moradores, na semana passada, um curto circuito causou uma explosão no meio da noite. Por causa da oscilação de energia, o aposentado Paulo Roberto Rossi teme novos problemas.
 
"Teve gente que perdeu freezer, micro-ondas, secador de cabelo, fora a alimentação que está na geladeira. Agora a gente corre o risco de ficar sem água por causa da bomba".
 
A falta de energia causa vários transtornos para os moradores. Em uma das casas, a água do cano da área de serviço voltou pelo ralo. A cozinha ficou inundada e o chão cheio de terra. A moradora não sabe se o cano, mesmo sendo novo, está entupido ou se a bomba de esgoto não está funcionando.
 
As famílias disseram que entraram em contato com a construtora do condomínio, mas nenhum prazo para o conserto nas instalações elétricas foi dado. O caso agora está sendo levado à Justiça e um advogado foi contratado para representar os moradores. "Nós vamos entrar com uma ação de obrigação de fazer, com um pedido de liminar para que a Justiça obrigue a construtora a cumprir as suas obrigações", explica o advogado Sandro Sonsin.
 
Em nota, a CPFL Piratininga reforçou o que dizem os moradores: a execução do projeto elétrico apresentado pela construtora não atende as normas técnicas e de segurança exigidas pela empresa.
Sobre a energia que até as casas, vinda da rua, foram realizadas sem a autorização da CPFL e que a construtora já foi notificada a este respeito.
 
O departamento jurídico da construtora Iso informou, por e-mail, que mantém uma equipe no condomínio para atender os moradores e que está em negociação com a CPFL para regularizar as ligações a partir da próxima semana.

 

Fonte: http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...