O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Alexandre Furlan

Treinamento ideal

Ao implementar processo de reciclagem no condomínio, moradores e funcionários devem estar bem informados

 por Alexandre Furlan(*)

Pela minha experiência com Gestão de Resíduos predial, vejo que a grande maioria das pessoas querem fazer a reciclagem, porém por ser um tema muito novo, muitas pessoas não sabem como fazer a separação dos recicláveis, e não é um informativo de papel no elevador que vai explicar tudo.
 
O lixo é responsabilidade de todos. Portanto, é necessário um treinamento presencial com todos os envolvidos no processo, funcionários do condomínio, funcionárias domésticas e moradores.
 
Com os moradores é melhor aplicar no período noturno, visto que a maioria chega do trabalho ou dos estudos a partir das 19:00. Com as funcionárias domésticas e funcionários do condomínio, o treinamento é mais efetivo no período matutino.
 
O que informar no treinamento?
 
Seja objetivo, a maioria das pessoas já sabe que o lixo é um dos maiores problemas ambientais e precisa ser destinado corretamente. Foque em como fazer, e não no por quê.
 
Não é necessário fazer a separação em lixeiras coloridas já que 99,9 % das empresas, cooperativas ou até mesmo a prefeitura, que forem coletar no condomínio, coletarão todos recicláveis juntos e somente depois a cooperativa irá fazer a triagem mais detalhada por tipo de material. O modelo mais correto para a separação em condomínios são somente dois coletores, um para Recicláveise outro para Não recicláveis.
 
É necessário limpar os recicláveis sim: Os recicláveis são como qualquer outra matéria prima que irá ser vendida. Se sujar, ela desvaloriza. Outro motivo para fazer a limpeza é a higiene do processo. Lembre-se que esse reciclável será armazenado em seu prédio, e se contiver alimentos e outros rejeitos, irá atrair insetos e animais.
 
Tudo é reciclável, nem tudo é reciclado. A reciclagem é uma indústria, e varia muito de lugar para lugar. A embalagem longa vida (Tetrapak) é reciclável na cidade de São Paulo porque existe a tecnologia, porém em Londres não. Separe o que a empresa ou cooperativa irá coletar, não adianta levar em consideração o que a mídia diz, se adapte com sua realidade.
 
O isopor é um caso que a mídia, às vezes coloca que é um material reciclável, o que de fato é verdade. Porém, há pouquíssimos lugares que recebem esse material, então a probabilidade de ele ser reciclado é pequena.
 

Recicláveis.

 
Papel, Vidro, Metal, Plástico, Embalagem longa vida (Tetrapak).
 

Não recicláveis e orgânicos.

 
Resíduos infectantes, guardanapo, entulho, restos de comida, madeira, papel higiênico sujo e isopor.
 
(*) Alexandre Furlan Braz, graduado em bacharelado em Gestão ambiental pelo Centro Universitário Senac em 2009; Pós-Graduado pela faculdade ESPM em Gestão de projetos e liderança de equipes em 2012; Master em  conforto ambiental pela ong ANAB em 2010. Em 2009 fundou o Instituto Muda, empresa esta, que trabalha com gestão de resíduos em condomínios da cidade de São Paulo. Já ganhou 3 premiações internacionais e 2 nacionais e teve como resultados: a implementação da metodologia em diversos condomínios; conscientização e treinamento de mais 10.000 famílias, 30.000 pessoas; reciclagem de mais de 2.500 toneladas de material reciclável; geração de renda total de R$ 750.000,00 à 6 cooperativas de reciclagem da cidade de São Paulo beneficiando diretamente cerca de 100 famílias de cooperados e indiretamente, 400 pessoas. É colunista mensal no SíndicoNet
 

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...